Afinal beber dois litros de água por dia pode não ser tão benéfico

Desde sempre que ouvimos dizer que devemos beber pelo menos dois litros de água por dia para manter o corpo hidratado, acelerar o metabolismo, eliminar toxinas e melhorar a digestão, mas parece que não é bem assim.

A ingestão em excesso de água pode tornar o líquido num “veneno” para o corpo, escreveu o Huffington Post.

O excesso de água no corpo leva ao desenvolvimento de hiponatremia, uma condição que resulta de um nível anormalmente baixo de sódio no sangue, ficando, assim, em causa a estabilidade da pressão sanguínea e a boa saúde de alguns órgãos, como o coração.

No caso de ocorrer, o excesso de água pode ser detectado através dores de cabeça, náuseas, vómitos, confusão mental e convulsões. Este último sintoma acontece devido a um inchaço no cérebro que pode ser fatal.

Para um melhor controlo, se a urina for quase transparente é sinal de que o nível de hidratação é bom, no entanto, se estiver entre amarelo e castanho, ou até mesmo bordeaux, é sinal de que precisa ingerir mais água.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Foi o que fez Kouka Ntadi, pintor franco-congolês. Numa parceria com o Boa Lab, Kouka ofereceu à capital portuguesa um gigante guerreiro Bantu, peça central da sua inspiração artística atual.
"Mussungology to the world" será um elo entre a música e as artes plásticas.
O renomado fotógrafo moçambicano Mário Macilau vai estar pela primeira vez em Lisboa, par apresentar a exposição individual Sombras do Tempo. A inauguração da exposição acontece no dia 23 de setembro, às 18 horas, no número 14A da Rua João Penha.