“Sinto-me feliz pelas minhas escolhas”, Rahiz sobre prémio de Melhor Artista de Hip-Hop

O rapper Rahiz arrecadou o prémio de Melhor Artista Hip-Hop no African Entertainment Award USA de 2016, numa categoria onde concorreu ao lado de Wale, Mhd, Aka, Jon Makin, E.L e Jovi. Em entrevista à BANTUMEN, o artista cabo-verdiano realçou o trabalho feito ao longo de toda a carreira e confessou sentir-se bem “na sua pele”.

“Passado 22 anos de indústria e sofrendo na pele a consequência de defender literalmente as minhas raízes sinto-me feliz pelas minhas escolhas, sinto-me bem na minha pele, por nunca ter cedido a pressões de momentos para opções mais rápidas de sucesso instantâneo, nunca ter deixado o dinheiro falar mais alto que o meu carácter”, sublinhou Rahiz, que conseguiu ser o primeiro artista  de rap em português independente e sem representação nacional, em França, a ser aceite para uma promo de rádio.

Em 1994, em Portugal, o produtor/rapper deu os primeiros passos no meio musical como Celso Opp, mas sem grande reconhecimento nacional nunca desistiu e foi em França que encontrou o estímulo necessário para continuar a melhorar como profissional. “Este prémio representa para todos, mais do que só para mim, que nada é impossível e que trabalho com foco, princípios, ética ,e que falando de ti com realismo, pelos teus e para o teu povo é também possível ter sucesso. Sucesso esse obtido com consciência, sem ilusões e a projeção perpetuada de que para conseguir tens de ser mais um artista igual a outros, seguindo as modas, falando de drogas, mulheres, dinheiro e fama, ou simplesmente dando apenas literalmente música”, disse Rahiz, que admitiu ainda que este prémio foi muito mais do que uma conquista pessoal.

“Este prémio nunca foi meu mais sim nosso pois para mim representa que podemos conseguir ser notados e ao mesmo tempo defendermos os nossos ideais até ao fim por acreditar que todos somos responsáveis para uma áfrica melhor. Não será fácil pois se fosse todos o conseguiriam, mas é possível se se assumir que a todo o custo iremos lutar para isso pois alguém tem de tentar para além do óbvio”.

O próximo álbum de Rahiz tem data de lançamento agendada para o dia 16 de Novembro, e chama-se Bilingual. Até lá fica com Vou-te Levar, a música mais recente do artista.

 

Tiago Firmino
Tiago Firmino
Nascido e criado na Margem Sul do Rio Tejo, tenho formação profissional em Jornalismo, na ETIC, em Lisboa. Com 24 anos, tenho mil e um objectivos, mas o dia só tem 24 horas.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
"A UEFA entendeu-o como um símbolo adicional, para lá do clube, do patrocinador de equipamentos ou da camisola em si", podemos ler no site Ajax Life.
Carla Prata foi notícia recentemente por ter-se desvinculado da Sony Music mas sobretudo por ser cabeça de cartaz de diferentes festivais de música internacionais. Um deles é o MIL, o evento que, além de festival, é uma convenção sobre a indústria da música, que aconteceu de 15 a 17 de setembro, em Lisboa.
D e 12 a 18 de setembro, o artigo mais lido na BANTUMEN foi sobre o lançamento do novo videoclipe de Deezy, "ATOA". Segue-se o novo concurso da organização Cabo Verde Digital para levar startups ao Web Summit e os novos singles de Soarito, Mynda Guevara e Harold.