Drake é o artista mais ouvido no Spotify em 2016

O Spotify divulgou, esta semana, a lista anual do que os utilizadores do serviço mais ouviram ao longo do ano de 2016. A lista, da Drake é o grande vencedor, é composta pelas músicas e álbuns mais ouvidos e divide os artistas por categorias.

“Drake foi imparável este ano” e surge no top dos álbuns mais ouvidos, assim como das músicas mais procuradas pelos utilizadores. As palavras são do responsável Stefan Blom, que se refere ao artista que conta com mais streamings desde que o Spotify foi criado: 8,7 mil milhões. Em 2016, chegou aos 4,7 mil milhões de streamings e mais do que duplicou o recorde do ano passado.

Artistas mais ouvidos:

1. Drake
2. Justin Bieber
3. Rihanna
4. Twenty One Pilots
5. Kanye West

Artistas femininas:

1. Rihanna
2. Ariana Grande
3. Sia
4. Adele
5.Fifth Harmony

Artistas masculinos:

1. Drake
2. Justin Bieber
3. Twenty One Pilots
4. Kanye West
5. Coldplay

Artistas revelação:

1. ZAYN
2. FRENSHIP
3. Anne-Marie
4. Madeintyo
5. Rob $tone

Músicas mais reproduzidas:

1. One Dance (feat. WizKid and Kyla) – Drake,
2. I Took A Pill in Ibiza – Seeb Remix – Mike Posner,
3. Don’t Let Me Down (feat. Daya) – The Chainsmokers,
4. Work (feat. Drake) – Rihanna
5. Cheap Thrills – Sia

Álbuns mais reproduzidos:

1. Views – Drake
2. Purpose – Justin Bieber,
3. ANTI – Rihanna
4. Blurryface
5. Twenty One Pilots
6. Beauty Behind The Madness – The Weeknd

Playlists mais populares:

1. Today’s Top Hits
2. Rap Caviar
3. Hot Country
4. Peaceful Piano
5. Baila Reggaeton

Além das tradicionais listas, o Spotify divulgou ainda algumas curiosidades, géneros emergentes e melhores artistas por género, que pode consultar aqui.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Elzo Sénior lançou "Glorioso" nesta sexta-feira, single que ficou de fora de Swahililândia Acto 1, de 2020, o álbum de estreia do grupo Swahil. Para esta aventura, o produtor contou com a participação de Damani Van Dunem, Teknik, Leonardo Freezy e CFKAPPA.
O projeto é uma viagem de 19 temas a um estado de espírito focado na concretização dos seus desejos mais magnânimos. Mind Frames representa a luta que envolveu o processo de produção deste projeto, que inclui as vitórias, derrotas, a aprendizagem e o mind set.