Ronaldo diz não a 100 M€ de equipa chinesa

“O dinheiro não é tudo”, foi a resposta de Jorge Mendes, empresário de Cristiano Ronaldo, sobre uma alegada oferta de um clube chinês de 100 milhões de euros anuais para o atleta e 300 milhões ao Real Madrid pela transferência.

“O Real Madrid é a sua vida. O Cristiano está feliz no Real Madrid e é impossível que vá para a China”, acrescentou.

Jorge Mendes disse ainda que o país asiático é um “mercado novo”, que pode atrair “muitos jogadores”, mas que, no caso do internacional português, é “impossível”, continuou o agente em entrevista ao Sky Sport Itália.

“O Cristiano é o melhor jogador de futebol do mundo e o melhor de sempre. É normal que tenha propostas”, afirmou.

Encorajados pela ambição de Pequim em converter a China numa potência futebolística, os principais grupos privados e estatais chineses estão a investir na modalidade.

Os clubes da China rivalizam agora com as grandes equipas europeias na contratação de jogadores de topo, que têm de decidir entre contratos ‘surreais’ ou alinhar em campeonatos mais competitivos.

O argentino Carlos Tevez tornou-se na quinta-feira o jogador mais bem pago de sempre ao assinar pelos chineses do Shanghai Shenhua um contrato de dois anos de 80 milhões de dólares, a confirmarem-se os números não oficiais avançados pela imprensa.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Mynda Guevara já tinha-nos avisado que tem imensos trabalhos escritos e gravados, prontos a serem lançados. Na altura em que a entrevistá-los, disse-nos que estava só à espera para gravar alguns videoclipes e dar início ao lançamento dos primeiros singles.
E agora, Jimmy P, irá lançar no próximo dia 1 de outubro, o EP, onde mostra uma linguagem musical diferente por parte do artista.
Nesta quinta edição, o programa pretende selecionar dez promotores de projetos de base tecnológica, que irão representar Cabo Verde no referido evento.