Rumo aos Óscares, Moonlight é o Melhor Filme da Online Film Critics Society

Moonlight descreve a jornada humana de um jovem afro-americano, que procura descobrir a sua própria natureza, e que acaba de vencer o prémio de Melhor Filme da Online Film Critics Society, o que ajuda a desenhar um cenário risonho quanto às nomeações para os Óscares de 2017.

A obra de Barry Jenkins arrecadou os principais prémios da OFCS (Online Film Critics Society), incluído o de Melhor Filme, Realizador (Jenkins), Actor Secundário (Mahershala Ali) e de Actriz Secundária (Naomi Harris).

O filme já tinha ganho em Novembro as distinções da National Board of Review e do Gotham Independent Film Awards.

Vê a lista completa do prémios:

Filme: Moonlight

Actor Principal: Casey Affleck, em Manchester By the Sea

Actriz Principal: Natalie Portman, em Jackie

Actor Secundário: Mahershala Ali, em Moonlight

Actriz Secundária: Naomi Harris, em Moonlight

Argumento Adaptado: Arrival por Eric Heisserer, Ted Chiang

Argumento Original: Hell or High Water por Taylor Sheridan

Edição: La La Land

Fotografia: La La Land

Filme de Língua Estrangeira: The Handmaiden

Filme de Animação: Kubo and the Two Strings

Documentário: O.J.: Made in America

Filmes sem Distribuição nos EUA: After the Storm; The Death of Louis XIV; The Girl With All the Gifts; Graduation; Nocturama; Personal Shopper; A Quiet Passion; Staying Vertical; The Unknown Girl; Yourself and Yours

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
A escritora e primeira romancista moçambicana Paulina Chiziane sagrou-se vencedora da 33ª edição do maior prémio da literatura portuguesa, designada "Camões". Oito anos depois, o prémio, avaliado em 100 mil euros, volta a Moçambique.
Este ano, o evento corporizou uma forma de disseminar oportunidades junto de jovens negros e introduziu, assim, uma verdadeira mudança de paradigma no setor têxtil português. Foram vários os talentos africanos que pisaram a passerele. A locomotiva que deu origem a este acontecimento foi a parceria realizada entre o Lulubell Group, a African Export-Import Bank e a ANJE (National Association of Young Entrepreneurs).
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.