O que tem em comum o novo videoclipe de The Weeknd, Selena Gomez e Bella Hadid?

The Weekend divulgou um novo videoclipe, desta vez, a música eleita é “Party Monster”, faixa do seu álbum Starboy, que saiu no final de 2016. O projecto contou com o apoio de Sara Greco e Jamee Ranta na produção e com a direcção de Alex Lee e Kyle Wightman.

No novo video, o rapper canadiano, de 26 anos, retrata a história de um homem que sofre de um desgosto de amor e utiliza a noite, a bebida e as companhias femininas, para colmatar a ausência de quem mais precisa. Para quem ouve a faixa fica na ideia que esta poderá ser uma música dedicada a Bella Hadid, que namorou com o artista, até Dezembro de 2016, data em que ambos decidiram terminar. Certo, é que na canção está escrito: “Know it’s been a while, now I’m mixing up the drank / I just need a girl who gon’ really understand.”

A única certeza é que se quem canta seus males espanta, The Weeknd não terá com que se preocupar. Isto porque o nome de Selena Gomez, coincidência ou não, surge a meio da música: “Ass shaped like Selena.” A questão é que a música pertence a um álbum de 2016, e os dois foram, recentemente, apanhados pela comunicação social, em clima de muita cumplicidade. Terá The Weeknd conquistado assim a ex-namorada de Justin Bieber?

Disfruta do videoclipe oficial da música Party Monster, enquanto te manténs ligado na BANTUMEN.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
A escritora e primeira romancista moçambicana Paulina Chiziane sagrou-se vencedora da 33ª edição do maior prémio da literatura portuguesa, designada "Camões". Oito anos depois, o prémio, avaliado em 100 mil euros, volta a Moçambique.
Este ano, o evento corporizou uma forma de disseminar oportunidades junto de jovens negros e introduziu, assim, uma verdadeira mudança de paradigma no setor têxtil português. Foram vários os talentos africanos que pisaram a passerele. A locomotiva que deu origem a este acontecimento foi a parceria realizada entre o Lulubell Group, a African Export-Import Bank e a ANJE (National Association of Young Entrepreneurs).
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.