@Adele

Adele foi a grande vencedora da noite dos Grammy Awards

Adele foi a grande vencedora dos prémios Grammy 2017 ao vencer cinco categorias: Com “Hello” venceu o prémio Gravação do Ano e o prémio Canção do Ano, o seu álbum 25 foi premiado com o troféu de Álbum do Ano e Melhor Álbum Pop, e arrecadou ainda o Grammy para Melhor Performance Solo de Pop.

A gala teve lugar no Staples Center, em Los Angeles, este domingo, e contou com a apresentação de James Corden, apresentador do programa The Late Late Show With James Corden. Cinco anos depois, LL Cool J, voltou a sentar-se na plateia dando lugar ao comediante e produtor britânico. 

A cantora Adele foi o principal destaque da noite, não só pelos prémios mas, também, pelo Grammy partido e pelo discurso de agradecimento, na altura de receber o Prémio de Melhor Álbum do Ano. Foram palavras de gratidão para o marido, para o filho, para todo o staff que trabalhou com ela e para Beyoncé.

“A artista da minha vida é Beyoncé, e este disco para mim, Lemonade, foi monumental”, foram estas a palavras emocionadas da cantora britânica, que venceu a principal adversária da noite.

Adele, que actuou a primeira vez no início da noite com o hit “Hello”, regressou ao palco para uma homenagem a George Michael, ao interpretar “Fast Love”. No início da sua segunda performance, a cantora britânica atrapalhou-se na letra, parou tudo e disse: “Peço desculpa mas vou começar de novo. Podemos? Desculpem, não posso estragar tudo, por ele.”

Beyoncé foi outra das grandes vencedores da noite ao levar para casa dois Grammys, com o Lemonade a ser considerado o Melhor Álbum Urbano Contemporâneo. Destaque ainda para Chance The Rapper, que venceu na categoria de Artista Revelação, Melhor Álbum de Rap, e Melhor Rap Performance e para o falecido David Bowie que saiu vencedor nas categorias de Melhor Música Rock e Melhor Rock Performance.

Ainda durante a cerimónia, Katy Perry estreou o seu single “Chained to the rhythm”, Bruno Mars participou numa homenagem a Prince e os Daft Punk apareceram pela primeira vez, desde 2014, em palco para actuarem com The Weeknd, a música “Starboy”.

Nesta noite de Grammys, o regime político de Donald Trump foi alvo de diversas piadas, por parte do apresentador britânico James Corden, e alguns artistas como A Tribe Called Quest,, Anderson .Paak e Busta Rhymes que disse: “Quero agradecer ao Presidente agente laranja por perpetuar o mal que tem feito aos Estados Unidos da América. Quero também agradecer ao Presidente agente laranja pela tentativa falhada em banir os muçulmanos. Agora nós vamos unir-nos.”

Para saber mais, sobre uma das noites mais importantes do panorama musical, nos EUA, visita o site oficial da cerimónia.

 

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Elzo Sénior lançou "Glorioso" nesta sexta-feira, single que ficou de fora de Swahililândia Acto 1, de 2020, o álbum de estreia do grupo Swahil. Para esta aventura, o produtor contou com a participação de Damani Van Dunem, Teknik, Leonardo Freezy e CFKAPPA.
O projeto é uma viagem de 19 temas a um estado de espírito focado na concretização dos seus desejos mais magnânimos. Mind Frames representa a luta que envolveu o processo de produção deste projeto, que inclui as vitórias, derrotas, a aprendizagem e o mind set.