Atlantic Music Expo vai acontecer de 10 a 13 de Abril

A V edição do AME 2017 (Atlantic Music Expo), realizado em Cabo Verde, vai acontecer de 10 a 13 de Abril e vai ter pela primeira vez uma extensão na ilha de São Vicente, anunciou hoje, na Cidade da Praia, o ministro da Cultura do país, Abraão Vicente.

Segundo explicou, esta extensão do AME a São Vicente decorrerá em paralelo com a da Cidade da Praia, e vai ser feita através da cooperação portuguesa e contará com o “alto patrocínio” do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. Esta parceria vai trazer a banda portuguesa Dead Combo, que vai estar tanto na abertura do AME , na Cidade da Praia, como em São Vicente, reforçou o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, citado pela agência de notícias cabo-verdiana Inforpress.

Este ano o AME “vai ser o maior evento desde que foi criado”, estando previstos mais de 40 concertos em apenas três dias. “Em termos de sustentabilidade financeira, acho que vamos conseguir fazer um grande evento”, garantiu, salientando que o anúncio oficial do certame está agendado para 24 de Fevereiro.

Abraão Vicente avançou ainda que está já confirmada a presença de mais de 30 órgãos de comunicação social, oriundos de todo mundo, para um evento que pretende ser “à medida daquilo que é o investimento que o Estado está a fazer”.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
A escritora e primeira romancista moçambicana Paulina Chiziane sagrou-se vencedora da 33ª edição do maior prémio da literatura portuguesa, designada "Camões". Oito anos depois, o prémio, avaliado em 100 mil euros, volta a Moçambique.
Este ano, o evento corporizou uma forma de disseminar oportunidades junto de jovens negros e introduziu, assim, uma verdadeira mudança de paradigma no setor têxtil português. Foram vários os talentos africanos que pisaram a passerele. A locomotiva que deu origem a este acontecimento foi a parceria realizada entre o Lulubell Group, a African Export-Import Bank e a ANJE (National Association of Young Entrepreneurs).
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.