Cabo Verde no topo da lista para as férias de turistas europeus

Cabo Verde continua a ser uma forte aposta para os turistas das principais cidades europeias. Os aeroportos de Cabo Verde registaram em 2016 um crescimento de 11,5 por cento no número de passageiros e de 9,1 por cento no movimento de aviões relativamente ao ano anterior, segundo dados da ASA (Aeroportos e Segurança Aérea).

Durante o ano de 2016, passaram pelos aeroportos de Cabo Verde um total de 2.215.892 passageiros, refletindo um crescimento de 11,5%, em relação ao ano anterior.

O aumento de passageiros verificou-se nos sete aeroportos cabo-verdianos, tendo o aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, o mais movimentado do país, registado um aumento de mais de 22% de passageiros internacionais.

Em segundo lugar ficou o aeroporto internacional Aristides Pereira, na ilha da Boavista, que registou um aumento de 9,5%, sobretudo passageiros vindos das principais cidades europeias emissoras de turistas para Cabo Verde.

A Thomson Fly, Tap Air Portugal e Tui Fly Netherlands foram as operadoras que mais contribuíram para o aumento de passageiros nos aeroportos de Cabo Verde.

O aeroporto internacional Nelson Mandela, na capital cabo-verdiana, registou, por seu lado, um decréscimo no número de passageiros internacionais na ordem dos 4,1 por cento, no mesmo período, o que a ASA justifica “em grande parte com as obras de remodelação” que está a sofrer.

No mesmo período, a ASA registou um total de 30.209 movimentos de aeronaves, mais 2.519 do que no mesmo período do ano anterior, o que representa um crescimento de 9,1% no número de voos que passaram por Cabo Verde.

O crescimento dos movimentos de aeronaves registou-se tanto a nível nacional (+6,8%), como internacional (+11,7%), quando comparado com igual período de 2015.

O aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, é o que detém o maior peso nos movimentos internacionais (53%), enquanto o aeroporto internacional Nelson Mandela, na cidade da Praia, ilha de Santiago, tem o maior peso nos voos domésticos (35%).

Em termos do número de voos, os aeroportos do Sal, Boavista e cidade da Praia registaram aumentos a nível internacional de 18,6%, 10,3% e 1,2%, respetivamente.

A nível interno, as variações mais positivas no número de aeronaves registaram-se nos aeroportos internacionais Nelson Mandela, na cidade da Praia, e Cesária Évora, na ilha de São Vicente, e no aeroporto de São Nicolau, com aumentos de 14,8%, 12,3% e 22,8%, respetivamente.

Os aeroportos internacionais Amílcar Cabral, no Sal, e Aristides Pereira, na Boavista, e o aeroporto do Fogo viram o movimento doméstico de aeronaves decair 1,0%, 0,1% e 11,1% respetivamente.

O volume de carga transportada pelos aeroportos de Cabo Verde em 2016 caiu em média 3,3 por cento, penalizada pela quebra de 17,2% registada no transporte de carga a nível interno, verificada em todos os aeroportos nacionais.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Soarito acabou de lançar “Desabafo”, um ghetto zouk de amor que traz um “cheirinho” daquele que será o seu primeiro EP. Em exclusivo para a BANTUMEN, o artista angolano revelou que o projeto que vai ter o título de Caixa Azul. “Desabafo” aterra com clipe oficial e o EP vai estar disponível no próximo mês.
Mynda Guevara já tinha-nos avisado que tem imensos trabalhos escritos e gravados, prontos a serem lançados. Na altura em que a entrevistá-los, disse-nos que estava só à espera para gravar alguns videoclipes e dar início ao lançamento dos primeiros singles.
E agora, Jimmy P, irá lançar no próximo dia 1 de outubro, o EP, onde mostra uma linguagem musical diferente por parte do artista.