Honda Civic Type R mostra “rugido” em Genebra

Honda  Civic Type R chega ao mercado no meio deste ano e sem alterações no motor de 2.0 litros. O Civic Type R vê a velocidade do fluxo dos gases de escape incrementada e o mapa da unidade central de comando do motor alterado, graças ao trabalho técnico que procurou melhorar a resposta do acelerador.

O binário manteve-se nos 400 Nm, entre as 2.500 e as 4.500 rpm como no modelo anterior, mas a potência subiu para os 320 CV às 6.500 rpm. Resultado: uma aceleração dos 0-100 km/h em menos de 5,7 segundos. De destacar ainda a suspensão multibraços e os três modos de condução: Comfort, Sport e R, sendo este último mais extremo, tal como já sucedia no modelo em final de geração.

Com um centro de gravidade mais baixo e dimensões mais generosas – com uma nova plataforma pensada desde o início para um desportivo – o novo Civic ganha em performance e… em ruído: “Afinámos o som que agora parece mais natural e com alma”, revelou Hideki Kakinuma, responsável pelo projeto Civic Type R.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
A escritora e primeira romancista moçambicana Paulina Chiziane sagrou-se vencedora da 33ª edição do maior prémio da literatura portuguesa, designada "Camões". Oito anos depois, o prémio, avaliado em 100 mil euros, volta a Moçambique.
Este ano, o evento corporizou uma forma de disseminar oportunidades junto de jovens negros e introduziu, assim, uma verdadeira mudança de paradigma no setor têxtil português. Foram vários os talentos africanos que pisaram a passerele. A locomotiva que deu origem a este acontecimento foi a parceria realizada entre o Lulubell Group, a African Export-Import Bank e a ANJE (National Association of Young Entrepreneurs).
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.