@Netflix

O Netflix sabe mais sobre ti do que aquilo que pensas

Enquanto estamos sentados a ver a nossa série favorita e a descansar, dando sentido à famosa expressão Netflix and Chill, não nos apercebemos que a empresa conhece-nos melhor que alguns membros da nossa família.

Se isto for verdade, o mais assustador é que a plataforma internacional já anunciou que em 2016 bateu o recorde ao registar assinantes em 190 países, num total de 100 milhões de registos. A chave do negócio da Netflix é o que nos assusta mais e que se calhar nem te tinhas apercebido. De forma a ser eficaz e prestável para o consumidor, o serviço de vídeo aprofunda ao máximo o conhecimento que tem do seu público. Como? Estudando os hábitos de consumo do cliente ao detalhe.

Esta prática tem como base a lição dada por Philip Kotler. Um guru do marketing um dia disse:  “O mais importante é prever para onde vão os clientes e se postar bem na frente deles.” A essência para que este método resulte são os metadados, os dados sobre dados que definem o seu perfil, tendo em base as informações que deixamos cada vez que assistimos a algum conteúdo.

A Netflix está atenta e regista tudo, desde quando começas a ver a série, quantas pausas fizeste e quanto tempo durou cada pausa. O serviço tem a noção se estamos agarrados a algum conteúdo ou se começámos a ver alguma série e desistimos. A empresa sabe ainda através de que aparelho acedemos à nossa conta: modelo, marca de televisão, smartphone ou tablet que usas em cada ocasião, navegador de Internet e endereço IP de seu terminal.

Em 2015, o Netflix publicou uma estatística onde mostra o momento exacto em que o utilizador fica agarrado à série, a este episódio chama-se o “episódio gancho”.

https://www.instagram.com/p/BR1Yz3LFpM1/?taken-by=netflix

Em conclusão, somam-se dados pessoais como o nome, o e-mail e dados para faturamento, somam-se os metadados gerados pela navegação e o serviço de vídeo é capaz de construir um perfil que define as opções de cada utilizador consoante o consumo e o interesse.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O renomado fotógrafo moçambicano Mário Macilau vai estar pela primeira vez em Lisboa, par apresentar a exposição individual Sombras do Tempo. A inauguração da exposição acontece no dia 23 de setembro, às 18 horas, no número 14A da Rua João Penha.
O artista angolano Edson Chagas está a expor um novo projeto fotográfico na galeria de arte Insofar, em Lisboa. Com fotografias captadas em 2011 e a curadoria de Inês Valle, a exposição Muxima marca a primeira exposição individual do artista em Portugal.
Para está quarta-feira 22 de Setembro, às 21h30, no Estúdio Time Out em Lisboa Tekilla vai traz consigo três convidados muito especiais: Dino D'Santiago, Amaura e Ana Semedo!