Afrolink
Paula Cardoso fundadora do AfroLink | Foto: BANTUMEN

Afrolink: Paula Cardoso, a mente por trás das Páginas Amarelas do profissional negro em Portugal

Paula Cardoso vive da escrita há 16 anos. É assim que começa a sua descrição no LinkedIn. Mas a escrita é apenas uma ínfima parte do que a descreve como profissional. Dentro do jornalismo, passou pela revista Visão, integrou a equipa que lançou o jornal Sol e dirigiu a equipa online do Novo Jornal, em Angola.

Entretanto, instigada pela necessidade de descobrir e despertar a sua própria identidade, criou uma rede de partilha entre os profissionais dentro da comunidade negra em Portugal, o Afrolink, e está a desenvolver uma série de contos infantis que promovem o empoderamento de crianças afrodescendentes.

Convidada do 23.º episódio do BANTUMENPodcasts, dirigido por Eddie Pipocas, Paula falou-nos do Afrolink e a ideia por trás do projeto. Para já, é um grupo fechado no Facebook, que, numa primeira fase, pretende perceber “quem somos, quantos somos e o que fazemos”. Posteriormente, “a partir deste levantamento, da troca de sinergias e da partilha de experiências, estaremos em condições para sair do grupo fechado e influenciar em ‘canal aberto’. Ou seja: o Afrolink passará a ter um site que, embora reservado exclusivamente à promoção de negócios e de profissionais negros, estará acessível a todos”.

Nesta conversa informal, que decorreu num café lisboeta, a jornalista e empreendedora deu-nos também o seu ponto de vista sobre o racismo institucional e como este deve ser debatido e combatido.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O projeto é uma viagem de 19 temas a um estado de espírito focado na concretização dos seus desejos mais magnânimos. Mind Frames representa a luta que envolveu o processo de produção deste projeto, que inclui as vitórias, derrotas, a aprendizagem e o mind set.
núncio foi feito num comunicado da MIPAD, durante a cerimónia de nomeação das personalidades, que aconteceu no início deste mês, logo após a abertura da 76ª Assembleia Geral de organismo internacional, que decorre desde Setembro.
Apesar da pandemia do coronavírus ter parado o mundo por completo e inclusive, as apresentações públicas em eventos culturais, os músicos optaram por focalizar forças para as plataformas de streaming, que passou a fazer parte da lista de táticas de rentabilização no mundo.