Álvaro Guilherme
Fotografia: Anna Carolina / BANTUMEN

Pintura ao vivo: Álvaro Guilherme, aka Al, levou o Brut Art ao Anjos70

Álvaro Guilherme aka Al, artista plástico, celebrou o fim do confinamento com a sua primeira apresentação pública, o Brut Art. O evento aconteceu no registo live painting, que é como quem diz em pintura ao vivo, no Polo Cultural Anjos70, em Lisboa.

Ao todo foram três obras produzidas em direto, ao estilo de Jean Dubuffet, um pintor francês que defendia a arte produzida por criadores livres da influência de estilos oficiais, principalmente das imposições do mercado de arte.

Há oito anos que Al se dedica a tempo inteiro à arte, onde imprime a sua necessidade de se expressar de forma livre, bruta e por vezes como um art outsider, como o próprio se intitula.

Alinhado com as regras de contenção da pandemia difundidas pela Direcção Geral de Saúde portuguesa, Al recebeu os seus amigos, desconhecidos entusiastas das artes plásticas e clientes habituais do espaço, entre as 18 e as 22 horas do dia 10 de junho, Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas. O seu irmão Zenildo Guilherme, skater com quem já tivemos a oportunidade de falar aqui na BANTUMEN, e o também artista plástico Ziontrain foram os grandes apoios de Al na realização do evento.

Álvaro Guilherme nasceu em Luanda, no bairro da Mabor, e vive em Portugal desde 2001.

O gosto pela arte, em particular pela pintura, roubou-lhe o interesse pela escola e levou-o para os ateliers de pinturas.

Depois de passar algum tempo em Berlim, Alemanha, juntou-se aos também artistas GIL e Mino para criar e fazer a curadoria de um novo espaço de exposição em Lisboa para artistas independentes, o LAI, cuja sigla significa Laboratório Artístico Independente.

O LAI “nasceu de um grupo de artistas de várias nacionalidades que precisava de um espaço para se expressar. É uma plataforma para pessoas que não são do mainstream terem acesso. É uma plataforma física, que dá apoio aos artistas, quer seja desde a pintura, fotografia, cultura, moda, entre outras”.

Durante esta primeira apresentação de Al, gravámos uma pequena entrevista em vídeo com o artista, que falou na primeira pessoa sobre a sessão de pintura “Brut Art” e os seus planos para o resto do ano.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Mas como interagir com alguém que fala um idioma que desconhecemos? Danny Manu, um britânico de origem ganesa, criou a solução. Os Clik by Mymanu são uns fones de ouvido, sem fios, que podem traduzir vários idiomas automaticamente.
Este ano, a artista celebra 25 anos de carreira e mostra a fibra de que é feita, eclética, surpreendente e a transbordar musicalidade. Para assinalar a data, temos "Bla Bla Bla", uma música que marca um ponto de viragem na sua carreira, seja a nível sonoro como visual.
Em conversa com a BANTUMEN, Rubem Gomes, um dos fundadores da Associação Vegetariana Angolana, explicou que a decisão de criar a associação partiu do "sentimento de compaixão para com todos os seres", acreditando que os seres humanos ainda podem fazer do mundo um lugar melhor, enquanto existir respeito sobre os outros elementos da natureza.