Domingas Mulenza Pimentel
Domingas Mulenza Pimentel | DR

Domingas Pimentel: Angolana é pré-candidata a vereadora no Rio de Janeiro

Domingas Mulenza Pimentel, angolana de 30 anos, é residente no Brasil há mais de 15 anos. É também estudante de Comunicação Social, diretora e fundadora do DCE da Universidade Gama Filho num período em que a instituição vivia o seu pior momento.

Atualmente, Domingas é pré-candidata a vereadora no Rio de Janeiro, na campanha do coletivo Malês, um projeto que tem lutado contra o racismo institucional, sobretudo apoiando candidaturas negras que são prejudicadas pela falta de investimento e propaganda em relação a outras candidaturas .

O coletivo almeja ver uma proposta que garanta a proporcionalidade no fundo eleitoral e partidário para candidaturas negras. Apesar das suas várias ocupações, Pimentel consegue conciliar a vida política e académica, incluíndo a presidência da União dos Estudantes Angolanos no Rio de Janeiro (UEBRRJ).

Domingas Mulenza tem-se destacado na luta contra o racismo, desigualdade social dos negros no Brasil e não só, sem esquecer o trabalho amplo e árduo a nível da comunidade dos jovens angolanos residentes no Brasil.

Foi ainda diretora de mulheres da União estadual dos estudantes (UEE-RJ), sendo uma das principais figuras dos atos que colidiram na queda do então deputado e presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Membro do coletivo negro Osvaldão, foi ainda diretora da UBM-RJ (União Brasileira das Mulheres) e é do coletivo feminista Elza Monnerat.

No âmbito do jornalismo, foi diretora da rádio Kwanzario (única rádio online africana na América latina), diretora do jornal impresso Mwangolé e assessora do cônsul de Angola no Rio de Janeiro.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Sabias que com a tua contribuição podes ajudar a BANTUMEN a crescer? O nosso objetivo é criar uma narrativa de empoderamento da comunidade negra lusófona e tu podes fazer parte deste processo. Inscreve-te no Patreon e faz a tua parte! Lembra-te da filosofia Ubuntu: “eu sou porque nós somos”.

Edna Domingos
Edna Domingos
Leitura é o meu forte, amo a escrita. Descobri que a essência da vida está nas descobertas não feitas

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Mas como interagir com alguém que fala um idioma que desconhecemos? Danny Manu, um britânico de origem ganesa, criou a solução. Os Clik by Mymanu são uns fones de ouvido, sem fios, que podem traduzir vários idiomas automaticamente.
Este ano, a artista celebra 25 anos de carreira e mostra a fibra de que é feita, eclética, surpreendente e a transbordar musicalidade. Para assinalar a data, temos "Bla Bla Bla", uma música que marca um ponto de viragem na sua carreira, seja a nível sonoro como visual.
Em conversa com a BANTUMEN, Rubem Gomes, um dos fundadores da Associação Vegetariana Angolana, explicou que a decisão de criar a associação partiu do "sentimento de compaixão para com todos os seres", acreditando que os seres humanos ainda podem fazer do mundo um lugar melhor, enquanto existir respeito sobre os outros elementos da natureza.