Fábio Dark “Vão ter de reconhecer” o rapper de Cabinda

Fábio Dark é rapper, instrumentista e compositor angolano, da região de Cabinda, que tem chamado à atenção do movimento hip hop naquelas bandas e não só.

Com 22 anos, o artista é membro da produtora Atitude Recordz Music, localizada na província do Huambo, sul de Angola, onde reside atualmente.

O rap faz parte da sua vida a tempo inteiro desde há cinco anos. O seu primeiro projeto lançado foi o EP Darkness e, desde que assinou com a atual gravadora, Dark lançou seis músicas, com destaque para as faixas “Black Lives Matter” e “Bonjour”, esta última teve direito a um videoclipe.

“Black Lives Matter”, sem grandes surpresas, é um tema que retrata a luta contra o racismo nos tempos atuais, e inspirada dos acontecimentos com George Floyd nos Estados Unidos da América e o homicídio de Bruno Candé em Portugal.

Nesta música, podemos notar o seu lado dark com linhas fortes e duras, descrevendo situações recentes que têm vindo a acontecer no mundo.

A faixa “Bonjour” tem rendido vários elogios a Fábio Dark, por causa da vibe rnb e dancehall, num registo romântico e com uma sonoridade estival.

O videoclipe é fruto da parceria entre a Atitude Records Music e a editora e agente Bromier.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Mauro Aghuas
Mauro Aghuas
Pai de 2| Linux entusiasta| Fã de Cazuza | amante da cultura Hip-Hop e apaixonado por festivais de Rock em Angola

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Provavelmente desconhecias mas, em Vila do Conde, no norte de Portugal, está a acontecer a oitava edição do Encontro Internacional de Palhaços. Na sua oitava edição, o evento tem como destaque o Palhaço Negro, para exaltar a cultura africana revelada na linguagem do clown.
Elzo Sénior lançou "Glorioso" nesta sexta-feira, single que ficou de fora de Swahililândia Acto 1, de 2020, o álbum de estreia do grupo Swahil. Para esta aventura, o produtor contou com a participação de Damani Van Dunem, Teknik, Leonardo Freezy e CFKAPPA.