Apple celebra música eletrónica africana com projeto Isgubhu

À margem do Mês da História Negra nos EUA, assinalado em fevereiro, a Apple Music criou um novo canal, o Isgubhu, para destacar a comunidade da música eletrónica africana.

O projeto estreou-se com o próprio Black Coffee apresentado na capa. O DJ, que acaba de lançar o tão aguardado álbum Subconsciously, torna-se assim na primeira estrela registrando uma playlist com a sua curadoria no projeto Isgubhu.

A par do DJ sul-africano, vários outros nomes importantes dentro da cena eletrónica africana vão ser curadores de playlists, como Prince Kaybee, Black Motion e DJ Lag, os produtores quenianos Euggy e Slikback para o prolífico grupo Nihiloxica de Uganda.

Isgubhu é uma palavra na língua “zulu”, que significa batida e é usada para se referir a uma música estrondosa e uma  homenagem a um conjunto de géneros e aos artistas africanos que desempenharam um papel fundamental na formação da cena eletrónica e da dança em todo o mundo.

Algumas das playlists já adicionadas são a Isgubhu Voices e a Spotlight On. A primeira é uma lista de reprodução de género abrangente, com a curadoria de Black Coffee. A mesma foca-se nas melhores faixas de músicas eletrónicas com vocais. Já a Spotlight On, tem como foco editoras que investem forte na música eletrónica africana como, Soul Candi, House Afrika, Stay True Sounds e Uganda’s Hakuna Kulala & Nyege Nyege Tapes. 

“A Apple Music tem apoiado durante muito tempo os incríveis DJs, artistas e produtores da comunidade de música eletrónica e dança em África e estamos muito animados com o lançamento do projeto Isgubhu. As nossas equipas regionais são verdadeiros defensores da cultura e estamos comprometidos em continuar a conectar artistas a um público global ”, disse Stephen Campbell, chefe global do sector Dança e Música Electrónica da Apple Music. 

Isgubhu também incluirá uma seleção de mixagens exclusivas de DJs mais quentes do continente, incluindo: DJ Zinhle, Caiiro, Kabza De Small, Kyle Watson, Stiff Pap, DBN Gogo, Da Capo, Gina Jeanz e muito mais.  

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Mauro Aghuas
Mauro Aghuas
Pai de 2| Linux entusiasta| Fã de Cazuza | amante da cultura Hip-Hop e apaixonado por festivais de Rock em Angola

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O anúncio foi feito na página oficial da distribuidora Altafonte, que divulgou também alguns testemunhos dados pelos membros da Gang, primeiramente acerca do processo criativo da obra.
Na altura em que o programa Equal celebra 6 meses, o Spotify, a maior plataforma de áudio em streaming do mundo, elege Soraia Ramos como artista Equal de outubro em Portugal. Equal é uma iniciativa global que promove a igualdade de género, selecionando uma artista feminina todos os meses por cada mercado, maximizando a sua visibilidade e promovendo o seu crescimento na indústria através da plataforma.