coronavirus

Angola é o primeiro país PALOP a vacinar contra o coronavirus

A primeira vacinação contra o coronavirus em Angola aconteceu na passada terça-feira e a primeira pessoa a receber a vacina foi a antiga profissional de saúde, Amélia do Amaral Gourgel. O ato aconteceu, simbolicamente, no Dia da Mulher Angolana.

Momentos depois de o país ter recebido o primeiro lote de 624 mil doses de vacinas AstraZeneca, proveniente da Índia em iniciativa do programa Covax, que está a mediar a chegada das vacinas nos países em desenvolvimento.

Angola é assim o terceiro país africano, depois do Gana e Costa do Marfim, e o primeiro PALOP a iniciar o processo de vacinação contra o coronavirus.

Após a recepção do primeiro lote de imunizantes, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta disse à imprensa que o plano de vacinação prevê vacinar profissionais de saúde, professores, idosos e outros que estão expostos ao risco de contágio de forma constante, esclarecendo também que as duas doses da vacina AstraZeneca vão ser administradas num período de oito semanas.

Segundo o Jornal de Angola, o médico na linha da frente do combate contra o coronavirus, Bravo da Costa, mostrou-se também feliz por fazer parte do primeiro grupo de vacinados em Angola.

As 624 mil doses dadas pela Covax fazem parte de um lote que contém mais dois milhões de doses, que devem aterrar no país até finais do mês de maio.

Sílvia Lutucuta informou também que o país vai imunizar mais de seis milhões de habitantes com a mesma vacina, sendo que a primeira fase vai cobrir as províncias de Benguela, Luanda e Cabinda, por serem atualmente as regiões onde há um maior registo de casos positivos.

O governo angolano aderiu à iniciativa da Covax em Julho 2020 e frisou que Angola vai, por iniciativa própria, receber outras vacinas.

A AstraZeneca foi desenvolvida em colaboração entre a Universidade de Oxford e a Farmacêutica AstraZeneca, recebendo a autorização da Organização Mundial de Saúde e a Agência Europeia de Medicamentos.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O anúncio foi feito na página oficial da distribuidora Altafonte, que divulgou também alguns testemunhos dados pelos membros da Gang, primeiramente acerca do processo criativo da obra.
Na altura em que o programa Equal celebra 6 meses, o Spotify, a maior plataforma de áudio em streaming do mundo, elege Soraia Ramos como artista Equal de outubro em Portugal. Equal é uma iniciativa global que promove a igualdade de género, selecionando uma artista feminina todos os meses por cada mercado, maximizando a sua visibilidade e promovendo o seu crescimento na indústria através da plataforma.