Instagram | Souvik Banerjee
Instagram | Souvik Banerjee

Instagram vai lançar versão para crianças e atualiza políticas de segurança

O Instagram está a desenvolver uma versão do aplicativo para crianças menores de 13 anos, que até agora estavam impedidas de usar a app de partilha de fotografias.

O trabalho deverá ser supervisionado por Adam Mosseri, chefe do Instagram, e liderado por Pavni Diwanji, vice-presidente que se juntou ao Facebook em dezembro. Diwanji já trabalhou no Google, na área de produto infantil, onde se inclui o YouTube Kids.

Adam Mosseri já tinha referido que “cada vez mais crianças” querem utilizar este género de aplicações e é um desafio verificar a sua idade. Por isso, é necessário fazer mais, segundo o responsável, que considera que parte da solução poderá ser esta nova aplicação específica para os mais novos.

No Twitter, vários usuários mostraram-se desagradados com a novidade e reagiram à publicação de Adam Mosseri, preocupando-se com os riscos de assédio ou exposição dos mais jovens a conteúdos inadequados. “Não se não dá as coisas para as crianças porque elas querem”, respondeu uma utilizadora que se identificou como “uma mãe”. “As crianças não recebem ferramentas perigosas com as quais possam brincar quando os próprios adultos não encontraram uma maneira de torná-las seguras”, acrescentou.

Atualmente, o Instagram exige uma idade mínima legal de 13 anos para se registrar, mas os usuários podem mentir sobre a sua data de nascimento. A plataforma revelou uma série de medidas para proteger os mais jovens na terça-feira, incluindo tecnologia que usa inteligência artificial para detectar a idade real dos utilisadores.

O rede social também anunciou que vai proibir que adultos enviem mensagens a menores que não sigam, a fim de evitar envio de mensagens não solicitadas ou indesejadas. Além disso, os menores receberão notificações sobre adultos que tenham demonstrado “comportamento potencialmente suspeito”, que visa limitar as interações.

Assim, surgiu também o guia para pais, para ajudar pais e responsáveis a terem mais informações de como os adolescentes podem ter uma experiência mais positiva e segura no Instagram.

“Ele [guia] inclui as ferramentas de segurança e as configurações de privacidade mais recentes, bem como uma lista de dicas e formas de entrar no assunto para ajudar pais, mães ou responsáveis a conversar com os adolescentes sobre a presença online deles”.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O anúncio foi feito na página oficial da distribuidora Altafonte, que divulgou também alguns testemunhos dados pelos membros da Gang, primeiramente acerca do processo criativo da obra.
Na altura em que o programa Equal celebra 6 meses, o Spotify, a maior plataforma de áudio em streaming do mundo, elege Soraia Ramos como artista Equal de outubro em Portugal. Equal é uma iniciativa global que promove a igualdade de género, selecionando uma artista feminina todos os meses por cada mercado, maximizando a sua visibilidade e promovendo o seu crescimento na indústria através da plataforma.