Jazz
Jazz

10ª edição do Festival Internacional de Jazz acontece em Angola

Acontece no dia 30 de abril a 10ª edição do Festival Internacional de Jazz, onde Luanda e Benguela serão as capitais do Jazz em Angola. O evento vai contar com a presença de artistas angolanos e internacionais e, a título póstumo, vai homenagear Waldermar Bastos e Manu Dibango, ambos falecidos no ano passado.

O programa do festival integra duas atividades realizadas por Jerónimo Belo, conhecido crítico de Jazz em Angola, que a 20 de abril irá organizar no Centro Cultural Português (Camões), em Luanda, uma exposição onde serão apresentadas fotografias da portuguesa Rosa Reis e pelo menos outros cinco desenhos sob autoria de Judy Ann Seidman.

Para o dia 30, Esperança Mirakiza, Anabela Aya, Felipe Mukenga, Tótó SD, Ricardo Lemvo, Sam Mangwana são os nomes nacionais que irão pisar o palco do evento, contando com as participações internacionais de As Marias (Moçambique), Catarina dos Santos (Portugal), Chico Pinheiro e Yamandu Costa (Brasil) e Mitchel Long (Estados Unidos da América).

Pela primeira vez, o festival será realizado em países da região central de África, como Camarões, Chade, Congo, Gabão, República Democrática do Congo e Angola, e terá como tema “Artes, cultura e património: alavancas para construção da África que queremos”.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Uma resposta

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.
Mas como interagir com alguém que fala um idioma que desconhecemos? Danny Manu, um britânico de origem ganesa, criou a solução. Os Clik by Mymanu são uns fones de ouvido, sem fios, que podem traduzir vários idiomas automaticamente.
Este ano, a artista celebra 25 anos de carreira e mostra a fibra de que é feita, eclética, surpreendente e a transbordar musicalidade. Para assinalar a data, temos "Bla Bla Bla", uma música que marca um ponto de viragem na sua carreira, seja a nível sonoro como visual.