Vannize

“Esse mulherão somos todas nós” – Vannize celebra, com música, o dia da Mulher Moçambicana

Para presentear a mulher moçambicana, Vannize, cantora de R&B, lançou uma música intitulada “Mulherão” para enaltecer as suas compatriotas no dia em que são celebradas – 7 de abril. “Esse mulherão somos todas nós”, disse Vannize em entrevista à BANTUMEN.

Na sua visão, o período pandémico tem mostrado a resiliência da mulher moçambicana que diante de vários desafios como a falta de emprego, têm estado a criar negócios e a destacarem-se na liderança.

Vannize não poupa elogios à mulher em geral, que “não é de ferro”, e revelou que a sua maior referência de “mulherão moçambicano” é a sua mãe, que a criou enquanto trabalhava e estudava.

Fora a sua mãe, Vannize citou outras influências, como Ísis Brumo, estilista, Leocádia Valoi e Waze Caetano, duas activistas e podcasters, assim como a vocalista da banda GranMah, Regina dos Santos. Para a cantora, estas mulheres estão a “crescer, empreender e a lutar pelos seus direitos”.

Vannize também revelou, sem fazer promessas, que a música “Mulherão” é um prenúncio do trabalho que ainda está por trazer. “Mudei muito a minha forma de ver a música”, comentou a artista, olhando para o seu percurso profissional e as surpresas que ainda estão por mostrar.

Dentro destes projetos, a moçambicana planeia disponibilizar a sua arte no Spotify – plataforma de streaming já disponível para o país – embora reconheçe que Moçambique ainda está na fase de transição da era dos downloads para a era do streaming.

A conversa foi concluída com a cantora a manifestar a sua preocupação com os ataques terroristas insurgentes no norte do país e, apesar de tudo, o seu contentamento por ver a solidariedade dos moçambicanos para com os compatriotas afectados pela violência na província nortenha de Cabo Delgado.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Velsoma Cumbana
Velsoma Cumbana
Amante incurável de Jesus e consequentemente de todo o ser humano - ao menos tenta! Ama escrever e faz da comunicação, extensão de si mesma.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Com sete anos de carreira, Boy Lundy carrega consigo o sonho de influenciar novas vozes, trabalhar na música de forma profissional, mostrado que é possível criar sustento e viver da arte e enriquecer a arte moçambicana, assim como o movimento hip-hop.
Da Soul acabou de levar o seu último álbum, Liberdade de Expressão, à loja FNAC de Almada, com uma apresentação ao vivo e sessão de venda e autógrafos. O projeto foi lançado em agosto, estando disponível em lojas físicas FNAC e através das plataformas de streaming de áudio.
Já está a acontecer a Feira Internacional de Negócios da Moda, no Palácio de Ferro, na baixa de Luanda. A cerimónia de abertura começou com uma mesa redonda, com a participação de nomes já bem conhecidos da indústria fashion angolana, como Rose Palhares e a escritora e consultora de imagem Marleyh Selo. A moderação foi feita pela apresentadora Dinamene Cruz.