“Tudo Bem” é a nova aposta musical de OTAN

A música “Tudo bem” aterra numa fase em que os OTAN estão a trilhar novos caminhos de forma independente. O single, que tem a participação de Dorania Clemente, já está disponível nas plataformas de streaming.

“Tudo Bem” é um desabafo de uma situação vivida por Carson Triwer, com uma musicalidade que viaja pelas ondas da kizomba e zouk com um estilo meio antilhano, o que não é habitual nas sonoridades produzidas pelo grupo.

A música fala de uma situação de separação que aconteceu com Carson e a ideia de gravar a faixa surgiu quando este e IJ falavam sobre o assunto e, no fundo, ouvia-se um beat. Aquele ambiente fez Carson perceber que estava dado o ponto de partida para uma nova música. “Ele [IJ] criou a métrica e depois começámos a ver o andamento da música e vimos que casou”, disse.

O nome de Dorania aparece quando os artistas pensaram em incluir uma voz feminina. Sem muitas voltas, contactaram a artista e amiga do grupo que logo de primeira aceitou fazer parte do projeto.

“Nós sentimos um grande potencial nela. Acompanhamos o trabalho dela, ela tem uma voz excelente e sentimos que não existe outra pessoa que pudesse fazer parte do projeto”, explicou Carson.

Sendo que a base musical do grupo é o rap, os artistas deixaram claro que pretendem atingir mais pessoas com esta nova aposta.

A produção da música “Tudo bem” esteve entregue à responsabilidade de IJ, e a letra da música foi escrita por Josy, IJ, Meladas, Carson e Dorania Clemente.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados