BANTUMEN

Sem ti, a BANTUMEN deixará de existir

A BANTUMEN está a celebrar seis anos de vida. Seis anos a criar uma estrutura que sirva de escudo para uma comunidade que está agora a aprender a ter amor próprio e a acreditar em todo o esplendor da sua potencialidade.

Este projeto é fruto da veia empreendedora de Eddie Pipocas e Vanessa Sanches, aliado ao apoio incondicional de um grupo de profissionais e amigos que vêem na BANTUMEN uma ferramenta fundamental para a desconstrução de uma história, que tem a comunidade como protagonista sem voz. Uma narrativa enviesada, obstrutiva, alienada e preconceituosa e, demasiadas vezes, distante da realidade que a comunidade afrodescendente vive.

Este é o primeiro projeto editorial generalista dedicado aos afrodescendentes que, além de algumas similaridades culturais, têm na língua portuguesa um ponto de equilíbrio transversal.

Ligamos Portugal, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Angola, São Tomé e Príncipe, Moçambique, Brasil e qualquer outra localização geográfica onde encontremos indivíduos negros que falem português e que estão a criar um percurso que possa servir de inspiração.

Contudo, um projeto desta envergadura tem custos associados. A sobreviver nestes últimos anos com um fundo de maneio próprio e de alguns poucos contratos publicitários e prestações de serviços, precisamos de um novo plano A financeiro.

Queremos mas, sobretudo, precisamos, ser financiados por quem diariamente nos lê, ouve e vê. Durante bastante tempo tentámos concorrer a fundos e apoios de organizações públicas, mas todos sabemos o quanto o sistema é viciado, burocrático e muito pouco franco.

Em setembro de 2020, depois de um incêndio que destruiu todo o nosso equipamento informático e multimédia, criámos uma das primeiras campanhas de maior sucesso do GoFundMe, em Portugal. Em 24 horas, ultrapassámos o objetivo delineado. Conseguimos substituir parte do que foi perdido, mas conseguimos sobretudo ter a certeza que seguimos com o apoio da comunidade.

Agora, dirigimo-nos novamente à comunidade. Precisamos do teu apoio. Somos mais de 200 mil a seguir o projeto nas suas diferentes plataformas. Uma doação de 5 euros de 5% destes seguidores e conseguiremos alcançar sustentabilidade para pelo menos dois anos de trabalho, a pagar salários a pelo menos três profissionais em regime de full-time.

Desta vez, para esta campanha, aliámo-nos também ao GoFundMe para trazer à luz do dia outras campanhas que merecem destaque. Afinal, é este o nosso papel. Servir a comunidade. Somos BANTUMEN pelo que acreditamos, pelo que apoiamos e pelo que repudiamos. Clica aqui para ver a página dedicada à comunidade

Contamos com o teu apoio.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O anúncio foi feito na página oficial da distribuidora Altafonte, que divulgou também alguns testemunhos dados pelos membros da Gang, primeiramente acerca do processo criativo da obra.
Na altura em que o programa Equal celebra 6 meses, o Spotify, a maior plataforma de áudio em streaming do mundo, elege Soraia Ramos como artista Equal de outubro em Portugal. Equal é uma iniciativa global que promove a igualdade de género, selecionando uma artista feminina todos os meses por cada mercado, maximizando a sua visibilidade e promovendo o seu crescimento na indústria através da plataforma.