FOTO: BANTUMEN / Miguel Roque

Ferro Gaita vai atuar no Festival Tremor 2021 nos Açores

O Festival Tremor 2021, que acontece na ilha açoriana de São Miguel, de 7 a 11 de setembro, vai contar com um alinhamento de 27 artistas, entre eles os cabo-verdianos Ferro gaita.

O evento, que integra no programa concertos e residências artísticas, manteve no cartaz parte dos nomes confirmados para a cancelada edição de 2020. Os Ferro Gaita vão assim subir ao mesmo palco que artistas e bandas portuguesas como Clã e Lena D’Água, entre outros.

No campo das residências artísticas, o Tremor trabalhou em parceria com a Escola de Música de Rabo de Peixe. Para a edição 2021, Jerry The Cat junta-se ao projecto micaelense para um espectáculo que terá no jazz a matéria de negociação e exploração. Causadores de alguns dos momentos mais emocionantes das últimas edições, a colaboração entre o projecto ondamarela e a Associação de Surdos da Ilha de São Miguel volta também a ter espaço central na programação do evento, com a estreia de um novo espectáculo inédito. Esta colaboração é apoiada pela Fundação Galp. Finalizando com a muito antecipada junção entre os guitarristas Norberto Lobo e Filho da Mãe e o baterista Ricardo Martins, numa criação especial que aliará a música a uma intervenção visual. 

Impossibilitado de acontecer nos mesmos moldes de anos anteriores, o Tremor 2021 vai organizar o seu calendário de concertos e apresentações de forma a garantir que todos os portadores de bilhetes possam aceder às sessões e atividades propostas, estando prevista a realização de mais do que uma sessão em alguns dos momentos programáticos. Serão ainda reforçados os concertos e as apresentações em espaços abertos, e alterado o esquema criado para o dia de encerramento que promovia a circulação por diferentes espaços de Ponta Delgada. Mantêm-se os formatos Tremor Todo-o-Terreno, assim como as surpresas do Tremor na Estufa. 

Para já, a venda de novos bilhetes para o festival está momentaneamente suspensa, ficando a lotação limitada aos portadores de bilhetes da edição 2020 que decidiram não pedir a sua devolução à data do cancelamento. Os detentores destes ingressos não necessitam de realizar nenhuma acção: os bilhetes comprados na BOL, FNAC, La Bamba, nos CTT e restantes pontos de venda transitam automaticamente para 2021, bastando apresentar o mesmo na bilheteira desta edição. 

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Com sete anos de carreira, Boy Lundy carrega consigo o sonho de influenciar novas vozes, trabalhar na música de forma profissional, mostrado que é possível criar sustento e viver da arte e enriquecer a arte moçambicana, assim como o movimento hip-hop.
Da Soul acabou de levar o seu último álbum, Liberdade de Expressão, à loja FNAC de Almada, com uma apresentação ao vivo e sessão de venda e autógrafos. O projeto foi lançado em agosto, estando disponível em lojas físicas FNAC e através das plataformas de streaming de áudio.
Já está a acontecer a Feira Internacional de Negócios da Moda, no Palácio de Ferro, na baixa de Luanda. A cerimónia de abertura começou com uma mesa redonda, com a participação de nomes já bem conhecidos da indústria fashion angolana, como Rose Palhares e a escritora e consultora de imagem Marleyh Selo. A moderação foi feita pela apresentadora Dinamene Cruz.