Jimmy P e Syro deixam conselhos em “Volta Para Ti”

“Volta Para Ti” é o novo single de Jimmy P já online. A música tem a participação de Syro e é segundo single disponibilizado que irá fazer parte do próximo EP de Jimmy P, Heartbreak, a ser lançado em setembro próximo. A música tem a composição do próprio rapper, Syro e Reis, sendo que o clipe tem a realização da Suspect Memories.

Dizem alguns pensadores que precisamos fazer as pazes com com nós mesmos para pararmos de nos punir constantemente, e esta foi uma das bases que Jimmy e Syro usaram para dar vida ao single “Volta Para Ti”.

Em registo suave que, além de excitar o exercício de introspeção, revelando também uma “elevação pessoal e coletiva”, no som, Jimmy apela ao amor próprio, revigorando este como sendo “algo crucial na vida”, chegando até a vaguear em assuntos como sonhos perdidos, “vida torta” e outros.

O clipe da música é curioso. “Volta Para Ti” conta com a presença de mais pessoas que figuradamente representam o bom astral que ganhamos quando “voltamos” para nós mesmos, e vem carregado de um contagioso feeling e com uma estética visual, onde o foco é a energia que as pessoas transmitem umas às outras.

A música tem a produção de Reis e letra de Jimmy, Syro e Reis, contando com um suporte coral do grupo Gospel Collective, e o clipe da música tem a realização de Suspect Memories e produção da EgoTrip.

Depois “Heartbreak”, single homónimo ao EP, “Volta Para Ti” passar ser mais mais um cheirinho daquele que será o esperado trabalho do artista, depois de ter lançado no ano passado os álbum Abensonhado e o EP Mercúrio com Carolina Deslandes.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Com sete anos de carreira, Boy Lundy carrega consigo o sonho de influenciar novas vozes, trabalhar na música de forma profissional, mostrado que é possível criar sustento e viver da arte e enriquecer a arte moçambicana, assim como o movimento hip-hop.
Da Soul acabou de levar o seu último álbum, Liberdade de Expressão, à loja FNAC de Almada, com uma apresentação ao vivo e sessão de venda e autógrafos. O projeto foi lançado em agosto, estando disponível em lojas físicas FNAC e através das plataformas de streaming de áudio.
Já está a acontecer a Feira Internacional de Negócios da Moda, no Palácio de Ferro, na baixa de Luanda. A cerimónia de abertura começou com uma mesa redonda, com a participação de nomes já bem conhecidos da indústria fashion angolana, como Rose Palhares e a escritora e consultora de imagem Marleyh Selo. A moderação foi feita pela apresentadora Dinamene Cruz.