Colourful Sundays vai pintar Luanda de azul no próximo domingo

Organizado mensalmente, a nova edição do Colourful Sundays vai acontecer na tarde do próximo domingo, 29, em Luanda, e terá como foco o quinto chakra, o laríngeo, simbolizado pela cor azul. Ao som da Dj AnaQSoul, Dj Zola Moreno e Chris Vough, o evento também terá a exposição artística de Gegé Mbakudi, Débora Sandjau, Movimento Artístico Paralelo e a Cubata.

Depois de terem realizado a edição do Chakra do Coração, simbolizado pela cor verde, Nuella Rocha e Edvaldo Gaspar estão de volta com Chakra Laríngeo e o coletivo pretende trazer mais um evento “épico e animado” para a tarde de domingo, 29 de agosto.

Segundo Nuella, a nova edição do evento será diferente, “desde a localização à venda de ingressos”, trazendo também diferentes tipos de comida e os famosos welcome drinks, que se tornaram num dos principais atrativos do Colorful.

“A edição azul será definitivamente das melhores edições, não só porque o intuito é melhorarmos a cada edição mas também porque acreditamos que quem faz a festa ou seja, quem traz a ‘vibe’ é o nosso público”, disse Nuella.

“O nosso público está super ansioso. Uns por ser a primeira vez e outros porque consideram a cor azul a sua cor de eleição, outros ainda por apreciarem o trabalho dos DJs e artistas convidados”, explicou ainda.

A edição azul do Colourful Sundays vai começar às 15 horas do próximo domingo (29), no espaço Praia Azul, na Ilha de Luanda, e os ingressos estão a ser vendidos por dois mil kwanzas.

Colourful Sundays é um evento cultural que acontece todos os últimos domingos do mês e que carrega um conceito que ainda está em fase embrionária em Luanda. De natureza pop-up, a atividade consiste em eventos “nómadas”, em diferentes pontos geográficos da capital angolana.

Na companhia dos seus parceiros, Edvaldo Gaspar, Carmen Mesquita e Pedro Gomes na organização e Erivaldo Leonardo na fotografia, a médica, chefe de cozinha angolana e criadora do conceito, Nuella Rocha, contou que a iniciativa nasceu da necessidade de levar ao país uma ideia, na qual já esteve envolvida quando residia nas terras de Mandela, a África do Sul.

O Colourful Sundays conta com atrações que representam as mais variadas formas de expressar a arte, prometendo proporcionar uma experiência cultural e de diversão únicas, com a promoção do “senso de comunidade, a valorização da cultura angolana e a diversidade e inclusão social”, lemos no comunicado enviado à redação.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.
Mas como interagir com alguém que fala um idioma que desconhecemos? Danny Manu, um britânico de origem ganesa, criou a solução. Os Clik by Mymanu são uns fones de ouvido, sem fios, que podem traduzir vários idiomas automaticamente.
Este ano, a artista celebra 25 anos de carreira e mostra a fibra de que é feita, eclética, surpreendente e a transbordar musicalidade. Para assinalar a data, temos "Bla Bla Bla", uma música que marca um ponto de viragem na sua carreira, seja a nível sonoro como visual.