SADIA

SADIA já arrecadou 13 milhões de kwanzas para 120 autores

A SADIA, Sociedade Angolana dos Direitos Autorais, prevê cobrar mais de 200 milhões de kwanzas (cerca de 264 mil euros) até ao final do ano e, durante o primeiro trimestre, arrecadou mais de 13 milhões kwanzas (cerca de 17 mil euros), valor distribuído entre 120 autores.

Ao prestar algumas declarações ao Novo Jornal, o consultor técnico da SADIA, Lucioval Gama, informou que existem alguns impedimentos, como a “má interpretação” da lei que rege os direitos do autor e conexos e o “não licenciamento de empresas e organizações artísticas”, que continuam a condicionar o funcionamento normal da instituição. Razão pela qual ainda não conseguiu alcançar a metade da receita financeira prevista até ao final de ano: mais de 200 milhões de kwanzas.

“A SADIA tem cobrado os direitos autorais, nomeadamente em rádios, televisões, supermercados, festas e plataformas de streaming. Desde o princípio do ano até à data presente, já arrecadámos mais de 13 milhões de kwanzas”, revelou Gama.

Ainda assim, Lucioval admite que para quem prevê atingir mais de 200 milhões, 13 milhões não é um valor tão alto pelo facto de ainda existirem usuários a fechar contratos.

O valor arrecadado até ao momento foi distribuído a 120 autores nas categorias de espetáculo e, para agosto, Lucioval Gama disse que a SADIA fará uma nova distribuição de receitas arrecadadas nas categorias de streaming, televisão, shows, restaurantes e shoppings, o que poderá beneficiar 800 autores angolanos.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
Mynda Guevara já tinha-nos avisado que tem imensos trabalhos escritos e gravados, prontos a serem lançados. Na altura em que a entrevistá-los, disse-nos que estava só à espera para gravar alguns videoclipes e dar início ao lançamento dos primeiros singles.
E agora, Jimmy P, irá lançar no próximo dia 1 de outubro, o EP, onde mostra uma linguagem musical diferente por parte do artista.
Nesta quinta edição, o programa pretende selecionar dez promotores de projetos de base tecnológica, que irão representar Cabo Verde no referido evento.