Guiné-Bissau evidencia potencial do país ao estabelecer parceria com o Brasil

A Guiné-Bissau e o Brasil reforçaram os laços históricos e relações diplomáticas através da assinatura – por parte da Ministra de Estado, dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades, Suzi Barbosa – de uma série de acordos bilaterais de cooperação com a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), nos domínios da Saúde, Educação e Formação Profissional, Agroindústria, Justiça, Diplomacia e Formação das Forças de Defesa e Segurança.

Suzi Barbosa, através da sua página oficial de Facebook, enalteceu que estes protocolos são “mais um passo” na concretização da missão de “afirmar o potencial da Guiné-Bissau”.

Entre as principais linhas de trabalho do acordo de cooperação com o país-irmão na área da saúde, está a doação de oito máquinas de hemodiálise à Guiné-Bissau, o reforço dos projetos de combate aos HIV/ AIDS e o apoio na especialização dos médicos guineenses.

Já o acordo firmado relativo à educação e formação profissional prevê um fortalecimento do programa de cantinas escolares; a inserção da capoeira no plano curricular da Escola Nacional de Educação Física e Desporto e a participação de profissionais guineenses no Curso Internacional de Capacitação de Gestores de Unidades de Formação Profissional dos PALOP.

Para a Ministra de Estado, dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades, “investir em educação e formação profissional é, acima de tudo, investir em pessoas” e cada apoio depositado nesta esfera “floresce e multiplica-se”.

Foram ainda estabelecidos acordos para o desenvolvimento de novos projetos e programas ligados à agroindústria, designadamente a restruturação do Centro de Processamento do Caju e a capacitação de agentes guineenses na indústria de transformação de produtos nacionais e na gestão e monitoramento de recursos hídricos.

“Um protocolo de especial relevo para superar a falta de mão-de-obra qualificada, aumentar o número de postos de trabalho e superar as marcas profundas que anos de instabilidade deixaram na nossa economia”, explica a Ministra guineense.
Relativamente à Justiça, o acordo aposta na capacitação dos magistrados do Ministério Público.

Na esfera diplomática, devido ao contexto pandémico, o Instituto Rio Branco – que já formou 20 diplomatas guineenses – vai implementar a Academia Diplomática da Guiné- Bissau online, promovendo cursos de curta duração, à distância, online, a diplomatas guineenses, existindo ainda a hipótese desta Academia passar a laborar de forma presencial quando as condições sanitárias assim o permitirem.

Já a cooperação no domínio da Defesa e da Segurança, está englobada numa reforma mais ampla aos setores supracitados, e consubstancia-se na profissionalização e fortalecimento das instituições militares guineenses, contribuindo assim para reforçar a estabilidade governativa e, consequentemente, para o desenvolvimento socioeconómico do país.

“A obra falará sempre melhor que quaisquer palavras e demonstra que todas as concretizações são tomadas com os guineenses no centro da decisão e com o único objetivo de dar qualidade de vida às nossas gentes”, garante Suzi Barbosa, reiterando que “a captação de investimento sem precedentes trará um retorno incomensurável para a Guiné-Bissau”.

Em jeito de balanço, a Ministra destacou que “estes protocolos agora assinados – fruto do esforço de muitos, nesta conquista para todos – espelham o dinamismo do Executivo”, assegurando que “muito já foi feito, mas o melhor ainda está por vir”.

Refira-se ainda que, estes protocolos de cooperação foram assinados no âmbito de uma visita de Estado, de cinco dias, do Presidente da República da Guiné-Bissau e Comandante Supremo das Forças Armadas, Umaro Sissoco Embaló ao Brasil.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O anúncio foi feito na página oficial da distribuidora Altafonte, que divulgou também alguns testemunhos dados pelos membros da Gang, primeiramente acerca do processo criativo da obra.
Na altura em que o programa Equal celebra 6 meses, o Spotify, a maior plataforma de áudio em streaming do mundo, elege Soraia Ramos como artista Equal de outubro em Portugal. Equal é uma iniciativa global que promove a igualdade de género, selecionando uma artista feminina todos os meses por cada mercado, maximizando a sua visibilidade e promovendo o seu crescimento na indústria através da plataforma.