Kanye volta a apresentar “Donda”, mas com mudanças drásticas

Aconteceu nesta madrugada o terceiro evento de audição do álbum Donda de Kanye West, no Soldier Field, em Chicago. Além da criativa e chamativa apresentação dos vários momentos da noite, os que mais receberam atenção foram a entrada de DaBaby para a lista de reprodução do álbum, em suposta substituição de Jay-Z, a ausência de Kid Cudi e Chris Brown, e o surgimento de Kim Kardashian no final do evento. Espera-se que o álbum seja lançado no dia 3 de setembro, nas plataformas de streaming, mas considerando os últimos eventos, nada é garantido quando se trata de Yeezus.

Donda está, quem sabe, prestes a chegar e Kanye não pára de surpreender. Com o estádio Soldier Field limitado, devido ao coronavirus, o artista levou mais uma vez uma nova proposta do seu décimo álbum de estúdio e com algumas trocas e novidades.

Com uma sonoridade que sai do rap, que acaba até por relembrar músicas como “Flashing Lights”, a novidade é que o artista manteve-se fiel à sua essência artística, misturando a nova fase musical gospel que tem estado a trabalhar.

No segundo evento de apresentação do Donda, realizado em Atlanta, o artista causou um alvoroço nas redes sociais ao apresentar a música que contava com a participação de Jay-Z, e neste último, o verso do rapper simplesmente foi substituído por outro verso de DaBaby.

Além destes, umas das supostas mudanças do álbum giram em torno dos nomes de Kid Cudi e Chris Brown, que também foram revelados no segundo evento e que nesta versão também não fizeram parte da nova apresentação do álbum.

A ascensão icónica do cantor no último evento de Atlanta teve uma ligação com o evento de Chicago. Enquanto acontecia a performance, surgiram imagens do evento passado que fizeram a “ponte” para um novo cenário em que Ye aparecia no céu, testemunhando um “encontro” com a sua mãe, Donda, e que possivelmente seja também a apresentação de um dos vídeos de uma das músicas do álbum.

Enquanto tocava “No Child Left Behind”, o evento culminou com o encontro entre Ye e a sua ex-esposa, Kim Kardashian West, cuja separação foi anunciada em fevereiro.

A casa de infância de Kanye, reproduzida no espaço, ocupou o centro do estádio e esteve rodeada das pessoas que “fizeram acontecer” cada detalhe programado para apresentação.

No set, o artista chamou as rappers Don Toliver, Shenseea e, para surpresa de muitos, o vocalista de hard rock, Marilyn Manson.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Bruno Dinis
Bruno Dinis
Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.

Deixa-nos a tua opinião

Artigos Relacionados
Foi há mais de um ano que a longa-metragem sobre o assassinato de Alcindo Monteiro, ocorrido há 26 anos, começou a ser rodada. A película estreia-se finalmente no próximo domingo, 24, às 19h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme faz parte da programação do DocLisboa.
Mas como interagir com alguém que fala um idioma que desconhecemos? Danny Manu, um britânico de origem ganesa, criou a solução. Os Clik by Mymanu são uns fones de ouvido, sem fios, que podem traduzir vários idiomas automaticamente.
Este ano, a artista celebra 25 anos de carreira e mostra a fibra de que é feita, eclética, surpreendente e a transbordar musicalidade. Para assinalar a data, temos "Bla Bla Bla", uma música que marca um ponto de viragem na sua carreira, seja a nível sonoro como visual.