CityAirbus

Airbus apresenta táxi aéreo elétrico para descongestionar cidades

A Airbus acaba de revelar o CityAirbus, a próxima geração de táxis aéreos, com emissão zero de dióxido de carbono. A aeronave elétrica foi projetada para voar silenciosamente sobre áreas urbanas, tornando-o potencialmente ideal para evitar o congestionamento da cidade sem fazer muito barulho nem poluir o meio ambiente.

O CityAirbus é um protótipo de veículos multicópteros totalmente elétricos, com quatro unidades de propulsão, quatro assentos, pilotado remotamente e que pode voar até 120 quilómetros por hora, em rotas fixas e com até 15 minutos de autonomia.

“Queremos co-criar um mercado inteiramente novo que integre de forma sustentável a mobilidade aérea urbana nas cidades, ao mesmo tempo em que aborda as questões ambientais e sociais. A Airbus está convencida de que os verdadeiros desafios são tanto sobre integração urbana, aceitação pública e gestão de tráfego aéreo automatizado, bem como sobre tecnologia de veículos e modelos de negócios. Aproveitamos todas as capacidades para oferecer um serviço seguro, sustentável e totalmente integrado à sociedade “, disse o CEO da Airbus Helicopters, Bruno Even à imprensa.

A primeira geração do CityAirbus começou a ser desenvolvida em 2016. Esta última versão, usa os melhores elementos do veículo de 2016 e combina-os com o A³ Vahana, o projeto de carro voador elétrico da Airbus que terminou em dezembro de 2019.

O voo inaugural do protótipo CityAirbus está agendado para 2023, com certificação prevista para 2025.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O projeto é uma viagem de 19 temas a um estado de espírito focado na concretização dos seus desejos mais magnânimos. Mind Frames representa a luta que envolveu o processo de produção deste projeto, que inclui as vitórias, derrotas, a aprendizagem e o mind set.
núncio foi feito num comunicado da MIPAD, durante a cerimónia de nomeação das personalidades, que aconteceu no início deste mês, logo após a abertura da 76ª Assembleia Geral de organismo internacional, que decorre desde Setembro.
Apesar da pandemia do coronavírus ter parado o mundo por completo e inclusive, as apresentações públicas em eventos culturais, os músicos optaram por focalizar forças para as plataformas de streaming, que passou a fazer parte da lista de táticas de rentabilização no mundo.