Soraia Ramos | Foto: Indi Nunez
Soraia Ramos | Foto: Indi Nunez

Spotify focado na promoção de artistas de origem cabo-verdiana

O álbum de estreia de Julinho Ksd, artista português de ascendência cabo-verdiana, é o foco da nova campanha do Spotify em Portugal. Em outubro, depois de Nenny em setembro. a plataforma de streaming mais popular do mundo também incluirá a artista Soraia Ramos no seu programa EQUAL, liderado por mulheres.

Julinho Ksd está a ganhar cada vez mais fãs com o seu estilo musical original. Misturando elementos, melodias e saltando entre línguas, o jovem rapper, filho de emigrantes cabo-verdianos, mistura o português e o inglês num som único.

O novo álbum do artista, denominado Sabi na Sabura, tem estado no centro da campanha de marketing outdoor e online do Spotify em Lisboa e no Porto, e ganhou o estatuto de platina no Spotify durante a primeira semana de lançamento.

“No dia em que o álbum foi lançado ouvi as minhas músicas dos carros que passavam nas ruas, foi o feedback mais imediato que tive. E quando me disseram que o Spotify tinha feito uma proposta eu não acreditei, fiquei muito feliz e acredito que foi um grande apoio para exportar minha arte o máximo possível”, disse o artista. E continua: “Dos estilos e cultura ao crioulo, levo Cabo Verde comigo para mostrar ao mundo”, acrescentou.

Soraia Ramos, também de ascendência cabo-verdiana, foi escolhida para integrar o programa EQUAL do Spotify em outubro. Soraia Ramos, que foi recentemente nomeada pela AFRIMA como a melhor artista feminina em 2021, fará parte do programa EQUAL do Spotify, será incluída numa série de playlists e receberá suporte de marketing adicional para ser exposta a mais ouvintes ao redor do mundo.

“A música sempre fez parte da nossa identidade cultural e sinto-me orgulhosa e humilde por poder representar Cabo Verde. As maiores características dos cabo-verdianos são a sua força, coragem e entusiasmo, que se transmitem de geração em geração, mas também estão representados na minha música”.

O Spotify está também focado na cultura hip hop em Português e reflexo disso é a popularidade da sua playlist Rap Tuga.

Julinho Ksd é um dos muitos artistas que estão a dominar o género. Em 2021, o Rap Tuga estava (e continua) em alta no Spotify. O próprio nome “Tuga” remete a uma gíria pejorativa mas que foi reapropriada e é agora um elo de orgulho.

A playlist Rap Tuga é uma das mais ouvidas em Portugal nos últimos 90 dias. No top 10 das músicas com plays estão: Deejay Telio, Djodje, Julinho Ksd – Sima Nkre; Danni Gato, Vado Más Ki Ás – Pedrinha; XIXO503, XROOTZ – RockNRoll; Deejay Telio – Desconfinamento; Djodje, Vado Más Ki Ás – Magia; Loreta Kba – Skeci Di Mi; Julinho Ksd – Stunka; Mr.W.O.T, Timor YSF, XROOTZ, Yhunga – Budup Bow (feat. Mr.W.O.T); Gson, Richie Campbell – Tsunami e Vado Más Ki Ás – Vida Louca

Sobre as playlists mais ouvidas a partir de Cabo Verde, este é o top 10:

  1. Today’s Top Hits
  2. Dancing Kizomba
  3. RapCaviar
  4. Rap Tuga
  5. Verão 2021
  6. African Heat
  7. Beast Mode
  8. Top Gaming Tracks
  9. Chill Hits
  10. Motivation Mix

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com

Equipa BANTUMEN
Equipa BANTUMEN
A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.

Deixa-nos a tua opinião

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Artigos Relacionados
O projeto é uma viagem de 19 temas a um estado de espírito focado na concretização dos seus desejos mais magnânimos. Mind Frames representa a luta que envolveu o processo de produção deste projeto, que inclui as vitórias, derrotas, a aprendizagem e o mind set.
núncio foi feito num comunicado da MIPAD, durante a cerimónia de nomeação das personalidades, que aconteceu no início deste mês, logo após a abertura da 76ª Assembleia Geral de organismo internacional, que decorre desde Setembro.
Apesar da pandemia do coronavírus ter parado o mundo por completo e inclusive, as apresentações públicas em eventos culturais, os músicos optaram por focalizar forças para as plataformas de streaming, que passou a fazer parte da lista de táticas de rentabilização no mundo.