PUB

6 coisas que todos os homens devem saber sobre cerveja

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Há quem diga que podes desfrutar de um pack de cerveja e continuar a trabalhar os teus abdominais. Uma bebida ocasional depois do trabalho não manda abaixo os teus objectivos de treino e existem algumas evidências que provam que uma imperial pode ajudar na recuperação pós-treino. Mas muitas marcas que produzem em massa, desleixam-se o sabor e qualidade da “loira”, em detrimento do lucro.

  1. A aparência é tudo

Se queres detectar uma cerveja pela sua profundidade de sabor, tens de a julgar pelas primeiras impressões. Quando pedes uma imperial, segura-a e observa-a à luz, se a tua cerveja estiver turva, provavelmente não é uma boa cerveja. Porquê? É uma forte indicação de que houve um problema no processo de filtração. No entanto, se estiver clara e brilhante, então essa é a cerveja vencedora.

2. Presta atenção à parte superior

Uma densa camada de pequenas bolhas significa que foi carbonatada apropriadamente e irá incorporar em pleno o sabor. Então e se o barman te serve uma imperial sem essa camada de espuma, parecendo um pouco aguada? A cerveja pode ser aguada devido a um processo de fermentação apressado o que significa que (já adivinhaste) o sabor fica arruinado. Não tem como, pede para que te dêem outra.

Beer_tasting_heading-web3. Uma boa cerveja pode ser apreciada por mais tempo.

Muitos produtores deixam a cerveja a fermentar por 48 horas antes de distribuírem. Aqui está o erro. as melhores cervejas ficam a fermentar por seis meses. O problema? Como o processo de fermentação foi curto, o paladar não é tão consistente e não o consegues apreciar por muito tempo. Numa boa cerveja consegues distinguir três fazes de paladar, o início, o meio e o fim. Se todos os sabores desaparecem assim que dás um gole, então não é uma boa cerveja.

4. Deves cheirar antes de beber

Usa apenas o teu sentido olfativo e tens uma boa chance de conseguires dizer de onde é determinada cerveja. As cervejas britânicas tendem a ter um cheiro térreo, aroma a lúpulo, as americanas normalmente têm um cheiro e paladar mais cítrico e as alemãs são susceptíveis de cheiro a ervas.

5. Ar = sabor

A forma como serves a tua cerveja influencia aquilo a que ela irá saber. Para começar deves bebê-la num copo, evita a garrafa. Verter a cerveja para o copo vai arejá-la, trazendo o seu verdadeiro sabor. E se quiseres ainda elevar o nível, agita suavemente o copo de vidro para esta respirar, assim que se instalar na tua boa vai libertar mais sabores.

6. Como as percentagens influenciam o sabor

O que irá saber melhor: uma cerveja de 4% ou de 8%? Não podes saber. O erro número um é pensares que quanto maior a percentagem de álcool numa cerveja, melhor irá saber. Não é verdade. Claro que, os níveis de álcool desempenham um grande papel no sobressair do sabor, mas não é o factor determinante. Podes ter uma fantástica cerveja a 3% — o que separa uma boa cerveja de uma má, é a qualidade dos ingredientes e a forma como foram misturados e fermentados.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

PUB