PUB

Banger Gang “assaltam” o mercado com primeiro EP homónimo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O EP Banger Gang acabou de chegar. Para promover cada single, o coletivo liderado pela BangerBoyzs de Preto Show começou uma saga de lançamentos de videoclipes, iniciada com “Tamu Aqui” e terminou com “Dá-me Love”. O processo teve o envolvimento de nomes como Felitcheek, responsável pela parte videográfica do EP.

Banger Gang é uma simbiose dos ritmos que mais têm aquecido os bodas em Angola. Desde afrobeat até chegar aos tarraxos, o EP torna-se no primeiro trabalho do grupo, que tenciona entrar com tudo no mercado angolano para o ano de 2022 que se avizinha.

“Tamu Aqui”, que foi o primeiro lançamento promocional, é a música com a qual o coletivo quis transmitir a mensagem de que o amor e a cumplicidade devem andar de mãos dadas e que é preciso manter-se “rijo” perante as adversidades da vida.

“Quando existe amor e cumplicidade na relação, ela sobrevive e dificilmente é afetada por circunstâncias negativas externas”, explicou o grupo à BANTUMEN.

As histórias de amor quase fracassadas também tiveram espaço no EP. Em “Player”, Chelsea e Lurhany deram vida a uma história de infidelidade. “Houve uma traição, onde depois temos um lado desgastado e que já não pretende manter-se na relação, enquanto que o outro luta para resgatar o amor e a confiança perdida”, explicou Lurhany.

Para fechar o ciclo, o grupo lançou recentemente “Dá-me Love”, um afrobeat produzido por Teo No Beat, com a voz de melódica de Chelsea Dinorath e a irreverência de Lurhany, tal como nos restantes singles dos Banger Boyzs.

O trabalho sonoro do EP esteve à responsabilidade de Teo No Beat e a parte videográfica de Felitcheek Pro, com produção da Amorexom Agenciamento, ambos nomes que têm entregue cartas positivas dentro do mercado musical em Angola.

Sobre o processo criativo, Lurhany caracteriza-o como “estranho”, devido ao misto de facilidades e dificuldades que foram surgindo em determinados momentos. “Fomos ao estúdio e criámos tudo na hora, porque como cantores e compositores temos uma visão ou uma ideia que às vezes surge fácil para nós, e a nossa equipa tem uma visão diferente. Então às vezes dá um ligeiro trabalho unificarmos as ideias lá no estúdio e chegarmos a um consenso torna-se trabalhoso, mas no final o trabalho em equipa gera resultados brilhantes”, disse.

Na fase de divulgação, os Banger Gang usaram as redes sociais para dar um cheirinho do que estava a ser preparado na cozinha liderada pelo Rockstar. O resultado desta estratégia foi tão eficaz que suscitou mais curiosidade dos ouvintes e amantes do trabalho do grupo.

“Antes do lançamento oficial, nós começámos a atiçar os nossos ouvintes com pequenos trechos das músicas e deu para sentir uma reação positiva do público. Logo que lançámos cada single, a popularidade foi imensa porque a nossa produtora BangerBoyzs colocou em rotação em vários canais importantes de música em português. O que permitiu uma visibilidade muito boa logo nos primeiros dias de lançamento de cada tema”, acrescentou Lurhany.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB