Procurar
Close this search box.

Cleo Diára na Peça “Se te portares bem, vamos ao McDonald’s”, no Teatro Ibérico

A atriz Cleo Diára é uma das intérpretes da peça “Se te portares bem, vamos ao McDonald’s”, uma criação de Mário Coelho, que também assina o texto e a encenação. O espetáculo estará em cena no Teatro Ibérico, em Lisboa (Portugal), nos dias 17, 18 e 20 de maio, às 21h, e no dia 19 de maio, às 17h.

A peça apresenta um conceito inovador: “A partir de hoje, toda a gente tem a possibilidade de recrutar uma pessoa para obedecer às suas vontades, desejos, sonhos”. Esta premissa permite que alguém possa, por exemplo, recriar a presença de um ente querido falecido ou encontrar companhia para eventos sociais. A única regra é que nenhuma vida pode ser posta em risco.

O espetáculo começa com o público a ser introduzido numa conferência sobre este novo serviço empresarial-social. De seguida, os espectadores acompanham o treino rigoroso de uma jovem funcionária, “Rita”, que se prepara para desempenhar um papel sensível: personificar uma criança de 8 anos, recentemente falecida de leucemia, para ajudar uma família a lidar com a perda.

Ao longo de sete dias, Rita vive com a família enlutada, sem poder quebrar a ilusão de que a criança ainda está viva. Esta experiência revela-se intensa e emocionalmente desgastante, tanto para Rita como para a família, explorando temas como o luto, a identidade e a linha ténue entre realidade e ficção.

Mário Coelho explica que a peça nasceu de uma reflexão sobre a memória e a perpetuação dos que já partiram. Ele questiona se é possível ocupar o lugar de alguém que já não está presente e como a verdade pode ser percebida numa mistura de realidade e ficção. Coelho busca explorar novas formas artísticas, misturando cinema e teatro, num universo que combina elementos fantásticos e docu-dramáticos.

Além de Cleo Diára, o elenco conta com Inês Vaz, Mariana Guarda, Mariana Pacheco de Medeiros e Pedro Baptista. Diára ganhou notoriedade pelo projeto Aurora Negra, com Isabél Zuaa e Nádia Yracema, vencedor da 2ª edição da Bolsa Amélia Rey Colaço, que promoveu discussões sobre racismo estrutural e feminismo negro.

A equipa de criação, maioritariamente jovem, tem colaborado em vários projetos anteriores de Mário Coelho, o que permite uma sinergia única e uma abordagem inovadora ao objeto artístico.

“Se te portares bem, vamos ao McDonald’s” promete ser uma experiência teatral intensa e provocadora, desafiando os espectadores a questionarem as fronteiras entre o real e o imaginário.

Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

Procurar
Close this search box.

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES