PUB

DJ Marfox celebra dez anos da Príncipe Discos no Festival Semibreve

Estivemos no estúdio do Marfox, na Quinta do Mocho pela primeira vez, dias antes do festival Semibreve, onde o DJ vai celebrar os dez anos da Príncipe Discos, editora da qual faz parte desde a sua fundação.

No evento vai celebrar-se a primeira década de vida da editora mas também para colocar a festa dentro de quatro paredes e partilhar felicidade libertadora. É este o monte que dá arranque a uma noite com três nomes bem distintos entre si, mostrando a versatilidade da armada da Grande Lisboa: Marfox, figura paternal de uma geração de músicos, experiente como poucos em mostrar um amplo universo sonoro dançante; Xexa, na outra extremidade, ilustra uma nova linhagem e novos paradigmas – e sons – para a editora; por fim, DJ Kolt, membro proeminente nos Blacksea Não Maya, é conhecido pela sua abrangência e irreverência musical, para além do extremo bom gosto com que quebra as expetativas em quem insiste tê-las.

O festival terá também uma série de conversas centradas em alguns dos artistas presentes na edição deste ano. A editora Príncipe Discos e os músicos Stephen O’Malley e François J. Bonnet são os artistas em foco, com conversas moderadas, respetivamente, pelo jornalista e radialista português Rui Miguel Abreu e Bartolomé Sanson, co-fundador da editora Shelter Press. A primeira decorrerá no gnration, ao final de tarde de sexta-feira, e a segunda no início da tarde de sábado, no Museu Nogueira da Silva.

O Festival Semibreve é organizado desde 2011 pela AUAUFEIOMAU, com o apoio da Câmara Municipal de Braga, e afirmou-se como um evento incontornável no panorama da música eletrónica exploratória nacional e internacional da última década.

A entrevista com o artista pioneiro da Príncipe Discos vai estar disponível na BANTUMEN a partir de quarta-feira, 1 de novembro, com direito a vídeo no YouTube e no Instagram .

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB