PUB

7 anos depois, DJ Pausas está a produzir os próximos hits das pistas de dança

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Em Lisboa, um ou uma habitué das pistas de dança africanas que nunca tenha ouvido falar do nome DJ Pausas é quase como fazer uma cachupa sem milho ou franguité sem frango.

É conhecido como DJ Pausas desde que começou a assegurar o sucesso de festas escolares e de quintal, desde 2009.

Aos 20 anos o produtor e DJ, nascido em 1985 e natural da ilha do Faial, Açores, começou a dar os primeiros passos profissionais no mundo da música, tornando-se residente na discoteca Splash, na Margem Sul. Foi ali que criou uma rede de contatos crucial para o crescimento da sua carreira, como as equipas By Waldo Productions e BadCompany.

Com dois álbuns na sua discografia, All Night Long (2013) e The Evolution (2015), e centenas de milhar de visualizações acumuladas no YouTube, Pausas já teve a oportunidade de trabalhar com vários nomes reconhecidos dentro da indústria da música em português, como Rahiz, Mika Mendes, NGA, Badoxa, Garimpeiros, Landrick, Denis Graça e muitos outros.

A sua música ecoa nas pistas de dança de várias discotecas portuguesas, mas também passa por Inglaterra, Suíça, Canárias, Cabo Verde, Angola, Guiné-Bissau, Brasil e até Marrocos, paragens por onde já levou os seus pratos para animar convivas, ao som do que melhor se faz na música lusófona. Com a BadCompany, de Anyfa, já pisou os palcos do Meo Arena (atualmente Altice Arena) e da Aula Magna.

Praticamente sete anos depois, este DJ de ar tímido mas de dedos rebeldes e nervosos quando se trata de criar e produzir nova música, está a preparar um novo disco. “Amanha i Pudi Da”, com as participações do “líder” Patche di Rima e de Anyfa, é um snippet desse novo projeto, cuja captação, gravação e videoclipe foram produzidos em Bissau.

São mais de uma década de carreira, com muitas histórias por contar e outras bem engavetadas, que fazem de DJ Pausas uma dicotomia que pende entre o underground e o mainstream. Na entrevista vídeo, que podes ver acima, ou ouvir nos diferentes canais de áudio da BANTUMEN, Pausas recorda-nos como tudo começou e o que tem preparado para este 2022.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Dolph Banza

8,00 

PUB