PUB
Guiné-Bissau

Djurtus começam aventura na CAN com 12 jogadores de Portugal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Na 33ª edição da CAN, que começa já no dia 9, a seleção da Guiné Bissau tem o primeiro jogo marcado frente aos sudaneses, em Garoua (Camarões), a 11 de janeiro.

O selecionador guineense Baciro Candé, de 56 anos, convocou 12 jogadores que atuam em Portugal e seis jogadores que jogam em equipas francesas.

Os destaques dos selecionados são o avançado Mama Baldé, do Troyes, o meio-campo Pelé, do AS Monaco FC, e o lateral direito do FC Porto Nanu.

O principal objetivo dos Djurtus é levar a seleção além da primeira fase da Copa Africana das Nações, sendo que nas duas primeiras vezes em 2017 e 2019 foi iluminada na fase de grupos.

No Grupo D, a Guiné-Bissau terá de defrontar dois gigantes do continente africano, com mais experiência na CAN: Egito, com sete títulos e a estrela Salah do Liverpool; e a Nigéria, dona de três taças da Copa Africana. Há ainda o Sudão a fechar o grupo, sendo esta a segunda participação da equipa no torneio. A primeira aconteceu em 1970.

Para a estreia da seleção seleção da Guiné Bissau na fase final do campeonato Africa das Nações o técnico Baciro Candé convocou:

Guarda-Redes: Manuel Balde (Vizela/ POR), Maurice Gomis (Ayia Napa/ CHY), Jonas Mendes (Beira Mar/ POR)

Defesas: Leonel Alves (Marinhense/ POR), Fali Cande (Portimonense/ POR), Jefferson Encada (Leixoes/ POR), Sori Mane (Moreirense/ POR), Fernandy Mendy (Alloa Athletic/ ECO), Nanu (FC Porto/ POR), Opa Sangante (Sochaux/ L2), Simao Junior (Vilafranquense/ POR)

Médios: Alfa Semedo (Vitoria Guimaraes/ POR), Bura (Farense/ POR), Panutchi Camara (Plymouth Argyle/ ANG), Moreto Cassama ( Reims), Joao Jaquite (Vilafranquense/POR), Pelé (Monaco)

Avançados: Steve Ambri (Sochaux/ L2), Mama Balde (Troyes), Jorginho (Wisla Plock/ POL), Joseph Mendes (Niort/L2), Frederic Mendy (Vitoria Setubal/ POR), Piqueti (Al Shoalah/ ARS), Mauro Rodrigues (FC Sion/ SUI).

De recordar que, como jogador, o técnico guineense Baciro Candé atuou em Portugal, com passagens pelo Estoril, Rio Maior, Estrela da Amadora e Amora.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB