Procurar
Close this search box.

Dr Mukwege lança fundo para vítimas de violência sexual

Congolese gynaecologist Denis Mukwege, laureate of the 2014 Sakharov Prize, addresses a press conference to present the documentary "The Man Who Mends Women - the Wrath of Hippocrates", in Brussels, March 25, 2015. The documentary, from co-authors Thierry Michel and Colette Braeckman, follows Mukwege's efforts to repair the physical and psychological injuries of rape victims, and denounces the routine use of sexual violence by armed forces and militia groups in eastern Democratic Republic of Congo against women. AFP PHOTO/Emmanuel Dunand (Photo credit should read EMMANUEL DUNAND/AFP/Getty Images)

Em dezembro de 2018, o Dr. Denis Mukwege recebeu o Prémio Nobel da Paz pelo seu trabalho contra os crimes sexuais, infelizmente tão comuns no seu país, a República Democrática do Congo. Longe de ser destinado apenas à sua terra natal, o seu discurso de aceitação do prémio, que criticou o silêncio das Nações Unidas sobre o assunto, teve um alcance internacional.

É nessa perspectiva internacional que Mukwege pretende abrir as suas atividades em favor das mulheres vítimas de violência sexual.

A 1 de setembro, Mukwege anunciou no site da Fundação Panzi que lançaria um Global Repair Fund a 31 de outubro de 2019.

“Continuaremos a pedir justiça em todo o mundo para às vítimas, traçando uma linha vermelha contra a impunidade. Continuaremos a lutar pelo projeto do Fundo Global de Reparação em que trabalhamos desde 2010.

“Nunca deixaremos de prestar assistência, partilhando a nossa visão de um mundo de solidariedade e capacitando todos os sobreviventes como agentes de mudança de vítima para líder na sociedade”, disse.

Ao mencionar os países em conflito Burundi, Iraque e República Centro-Africana, Mukwege prometeu a instalação de Centros Únicos, locais de atendimento a mulheres vítimas de violência sexual semelhantes às estabelecidas no hospital que o próprio administra e onde trata, desde 1999, vítimas de crimes sexuais.

Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

Procurar
Close this search box.

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES