PUB
Edson Chagas | ©BANTUMEN
Edson Chagas | ©BANTUMEN

Edson Chagas apresenta Factory of Disposable Feelings no Hangar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Edson Chagas, reconhecido fotógrafo e fotojornalista angolano, vai apresentar uma nova exposição a solo, intitulada Factory of Disposable Feelings, a partir do dia 23 de setembro, no Centro de Investigação Artística Hangar (Lisboa).

Com a curadoria de Ana Balona Oliveira, Edson Chagas: Factory of Disposable Feelings é uma série fotográfica realizada no bairro do Cazenga, em Luanda, Angola, entre 2017 e 2018. Tendo sido anteriormente exibida a solo apenas na Cidade do Cabo, na África do Sul, em 2019, a mostra surge agora pela primeira vez em Lisboa numa nova configuração, incluindo imagens inéditas.

A série dá continuidade às indagações que singularizam a obra de Chagas, nomeadamente a atenção às relações vivenciais e afetivas que os sujeitos estabelecem com objetos e espaços quotidianos, contrariando rápidos ritmos de consumo através de um olhar desacelerado que perscruta em proximidade matérias, formas e texturas descartadas. Contudo, a série marca simultaneamente uma espécie de viragem, na medida em que, ao contrário de séries anteriores realizadas em vários espaços públicos urbanos a Norte e a Sul, vagamente identificados (as ruas e praias de Luanda, Veneza, Londres e Newport, etc.), nesta, pela primeira vez, o fotógrafo concentrou-se nos espaços interiores e exteriores de uma arquitetura específica.

Trata-se da Fábrica Irmãos Carneiro no Cazenga, em Luanda, uma antiga fábrica têxtil fundada no período colonial, que, pertencendo a uma família luso-angolana, continuou a laborar após a independência de Angola e durante as várias fases da guerra civil (1975-2002), produzindo lençóis, fraldas e uniformes militares, etc. Mais recentemente, foi redirecionada para a produção de utensílios agrícolas, tendo sido parcialmente abandonada.

A exposição vai estar patente no Hangar, de 23 de setembro a 5 de novembro de 2022.

Edson Chagas ficou conhecido após a sua série Found Not Taken ter sido apresentada no Pavilhão de Angola, na 55.ª Bienal de Veneza, em 2013. A obra valeu-lhe o Leão de Ouro na categoria “Melhor Pavilhão Nacional”.

O trabalho do artista angolano fazia parte do projeto curatorial criado por Paula Nascimento e Stefano Pansera – intitulado Luanda, Cidade Enciclopédica -, baseado nas fotografias captadas por Edson Chagas na capital angolana.

Chagas também foi um dos três finalistas selecionados para o Prémio Novo Banco Photo 2015, tendo apresentado, na altura, um trabalho que reunia fotos e um vídeo sobre os diversos usos de uma praia na Ilha do Cabo, desenvolvendo uma reflexão sobre a perceção que as pessoas têm dos lugares.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB