PUB

El Chapo, o artista que quer influenciar a música angolana

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

No mundo do narcotráfico temos Joaquín ”El Chapo” Guzmán, um mega traficante mexicano considerado como um dos mais poderosos no mundo e na música temos Elvis da Gama Chipenda aka El Chapo, um jovem e talentoso artista angolano que quer fazer “barulho” no mundo da música.

El Chapo entrou no mundo das artes através da dança e, entretanto, descobriu que tem voz para cantar. Cresceu no Sambila (Bairro Sambizanga, em Luanda) e teve uma infância normal, com os pais como os principais pilares da sua primeira formação.

A frequentar o último ano do curso de Desenhador Projetista, o seu percurso académico é um dos motivos que levou Chapo a colocar a música em segunda opção, uma vez que é uma formação que precisa de muita dedicação e tempo.

Os microfones surgiram na sua vida aos 13 anos e um ano mais tarde decidiu criar um grupo de rap, os Black Allien. Aos 17, decidiu que era na hora e caminhar sozinho e deixar fluir a sua persona artística, atuando em diversos estilos musicais.

Entretanto, o cantor lançou algumas músicas e teve oportunidade de trabalhar com amigos artistas e participar em projetos musicais, como de Lil Saint e recentemente de Mallaryah.

Há uns anos, Chapo foi contactado por APM, um dos proprietários da produtora em ascensão em Angola, Ebo Intenso, e foi o que deu aso ao nascimento da música “Babulo” que tem a participação de Lil Saint.

“Só Vais Assustar”, com a participação do produtor e cantor Mallaryah, é cantada de forma muito característica e que transborda uma linguagem bem angolana, a música “Só Vais Assustar” mostra a importância do cumprimento de promessas, fazendo referência à expressão que o modelo e ator Fredy Costa tornou viral.

Recentemente, o artista lançou a música “Love Jaque”. Segundo El Chapo, a música surgiu de uma paixão repentina e que foi impedida de ser desenvolvida por ambos estarem distantes um do outro. O videoclipe, de Mil Beats e com a produção da DreamNation, foi gravado numa praia de Luanda.

Artisticamente, El Chapo diz que tem uma missão, que é “contribuir para o desenvolvimento da música angolana e não só, criando e inovando novos estilos musicais”. Sobretudo, porque “poucos cantores aderem a esse estilo pela dinâmica do próprio mercado. Apesar de termos grandes cantores, quase não há consumo e os cantores adequam-se à tendência. Por essa razão, temos vários artistas a migrarem para outros estilos”, disse El Chapo.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Janine Rodrigues

20,90 

PUB