PUB

Francis Keré vence “Óscar” da Arquitetura

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Francis Keré, natural do Burkina Faso a viver na Alemanha, é o vencedor do prémio Pritzker 2022, tornando-se no primeiro profissional africano a conquistar o mais importante galardão da arquitetura mundial.

É a consagração de uma incrível história de sucesso, que começou na pequena aldeia burquinabé de Gando, onde nasceu há 56 anos. Foi lá que realizou os seus primeiros projetos: uma escola – a primeira na aldeia –, depois uma moradia para professores, biblioteca, centro para mulheres, escola secundária, oficina de formação em técnicas de construção… a lista é extensa.

“Francis Kéré está a ser um pioneiro da arquitetura – sustentável para a terra e para os seus habitantes – em terrenos de extrema escassez. […] Através de edifícios que mostram a beleza, a modéstia, o arrojo e a invenção, e pela integridade da sua arquitetura e gesto, Kéré sustenta, com graciosidade, a missão deste prémio”, lê-se na nota do júri, divulgada em comunicado à imprensa.

O arquiteto, entre outros vários projetos a nível internacional, é o autor do design da escola Benga Riverside, em Moçambique, que inclui “paredes com padrões de pequenos vazios recorrentes, permitindo que a luz e a transparência evoquem sentimentos de confiança por parte dos estudantes”, escreveu a Euronews. Em 2019, passou por Portugal onde inaugurou uma exposição na Exponor, no norte do país. À margem do evento, o arquiteto recebeu o Prémio Aga Khan de Arquitetura em 2004.

Com base em Berlim, Kéré é fundador do escritório Kere Architecture e os seus projetos têm uma preocupação ambiental. “A arquitetura consome imensos recursos” e, por isso, “é importante pensar na sustentabilidade”, disse em 2019 à Lusa.

De recordar que Francis esteve também em Lisboa em 2021, para participar como orador na Web Summit, onde falou sobre a construção de um novo parlamento no Benin e como ele e sua equipa usam o conhecimento social, político e de construção de toda a África Ocidental para chegar a projetos sustentáveis, focados no propósito dos edifícios e nas pessoas que os utilizam.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power II

16,90 

PUB