PUB
iamddb

IAMDD: Angola e Portugal com presença nos BET Awards

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Os prémios BET foram criados pela Black Entertainment Television, em 2001, com o objetivo de destacar os melhores artistas afro-americanos da música, atuação, desporto, entre outras áreas do entretenimento. Este ano, Angola e Portugal marcam presença no evento, com a nomeação de IAMDDB, uma rapper portuguesa, de origens angolanas, e a viver em Inglaterra desde os cinco anos.

Entre o neo-soul, jazz e trap, IAMDDB, sigla para “sou Diana de Brito”, imprime na sua música a sua loucura e experiência de vida. Filha do saxofonista Manuel de Brito, a rapper está na ribalta do mundo da música há apenas um ano e meio, desde que lançou Waeveybby Vol. 1 e Vibe Vol, no início de 2017. 2. Nestes dois EPs, IAMDD destila um Rn’b moderno e alternativo, que é uma reminiscência dos mundos de Erykah Badu, Lianne la Havas ou Jorja Smith. Contudo, foi Hoodrich Vol 3, revelado alguns meses depois, que lhe permitiu chegar a um público mais amplo.

Com o título “Shade”, a terceira faixa do EP Hoodrich Vol 3, Diana oferece-nos um poderoso hino ao feminismo, onde explora toda a sua essência artística, a pender mais para o trap do que para o Rn’b.

A artista classifica a sua música como jazz urbano e indica que as suas inspirações flutuam entre Bob Marley e John Legend.

Foi numa viagem a Angola que IAMDDB que se reencontrou com as suas raízes e pode adoçar a sua vibe neo-soul com. A artista vê assim o eclodir da sua recente carreira musical com a nomeação ao prémio de Melhor Artista Revelação Internacional nos BET Awards.

Para votar, clica em AQUI.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB