PUB

International Black Heritage celebra Juneteenth e Windrush de forma global

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O primeiro mês internacional da herança negra (The World’s First International Black Heritage) conecta a diáspora africana para celebrar virtualmente o Juneteenth – feriado nacional nos Estados Unidos que comemora a emancipação dos afro-americanos escravizados – e o Windrush Day – dia que recorda a primeira geração de pessoas do Caribe, que foram para o Reino Unido para ajudar a reconstruir a Grã-Bretanha, depois da Segunda Guerra Mundial.

Tudo acontece através de uma  plataforma de media digital, focada em World Shapers, Afro-Futurism, Cultural Bridge Builders e muito mais, com conteúdo e calendário que fomentam a partilha de conhecimento sobre ambas as datas e a cultura afrodescendente diaspórica.

Ao leres este artigo, provavelmente deves estar a questionar-te sobre o porquê dessas celebrações e a sua importância. A resposta surge com uma pergunta: Já imaginaste o mundo moderno sem as influências de Nelson Mandela, Martin Luther King, Aretha Franklin, Michael Jackson, Beyoncé, Idris Elba, Naomi Campbell, Lewis Hamilton ou Sade? Quando olhamos para a ciência e as invenções, as contribuições das pessoas negras vão muito além do desenvolvimento da matemática, a arquitetura entre outras áreas, especialmente no continente africano.

“É por isso que comemorar o Juneteenth (EUA) e o Windrush Day (Reino Unido) em todo o mundo é importante, pois permitem-nos ver a visão e a força através de uma lente contemporânea do passado e do presente e ajudam-nos a criar um futuro melhor”, diz o criador da IBHM (International Black Heritage Month), Bruce Reynolds.

A história negra é diferente em diferentes partes do mundo. A herança negra é universal. A herança negra e a diversidade de culturas dentro dela contribuíram significativamente para o mundo em que vivemos, seja através de invenções, música, moda, arte, media, desporto, entre outras áreas. Com tantas pessoas da diáspora africana espalhadas pelo mundo, é essencial que estas sejam reconhecidas, se sintam incluídas, vistas e ouvidas, permitindo que a verdadeira inclusão e diversidade sejam homenageadas e celebradas e conectem pontes culturais como o Juneteenth e Windrush Day.

Juneteenth (19 de junho) foi comemorado pela primeira vez como um feriado federal anual nos Estados Unidos este ano. O presidente Joe Biden assinou o Juneteenth National Independence Day Act em 2021, estabelecendo 19 de junho como feriado federal para comemorar a data de 1865, quando os afro-americanos escravizados em Galveston, Texas, foram informados de que estavam livres, meses depois da abolição da escravatura em todos os estados do país.

O Windrush Day é comemorado no Reino Unido a 22 de junho para marcar a chegada de cerca de meio milhão de pessoas afro-caribenhas que foram para o Reino Unido a pedido do governo britânico para ajudar a reconstruir o país após a Segunda Guerra Mundial. O primeiro Windrush Day foi realizado a 22 de junho de 2018.

O Primeiro Mês Internacional da Herança Negra do Mundo foi lançado em junho de 2021 para educar, celebrar e trazer união em todos os tons. Criado por Bruce Reynolds de ‘Be the Change Associates: Productions’, um ex-produtor da BBC e diretor de impacto social do conglomerado de marketing Dentsu. O objetivo principal da plataforma é fornecer uma abordagem nova e inovadora para comunicações, engajamento e narrativa de impacto social.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB