PUB

“Quando For Falar de Amor (Summer Song)”, um convite ao afeto de Fióti e Tuyo

Um dos cabeças pensantes da Laboratório Fantasma, ao lado do irmão Emicida, Evandro Fióti é também músico, compositor, produtor e diretor artístico. Musicalmente, ele segue uma linha Samba Soul, tendo o violão como base da estrutura. Isso está bem evidente no EP Gente Bonita, de 2016, e agora na versão “Summer song” da sensível “Quando For Falar de Amor”.

A música que faz parte da trilha sonora do filme “Lulli” (presente do catálogo da Netflix), protagonizado por Larissa Manoela, é composta pelo próprio Fióti em parceria com o rapper Coruja BC1, e tem a participação da banda Tuyo (Lay Soares, Lio e Machado). Direcionada por instrumentos acústicos, e a mínima inserção de elementos percussivos, essa reformulação deixou a textura ainda mais leve que a original. 

“O atual momento da sociedade pede por mais serenidade e por uma conexão maior consigo”, diz Evandro. “Acredito que essa música tenha esse papel também, o de ajudar a equilibrar as nossas emoções”.

De fato, a canção traz aconchego para quem ouve. É quase um abraço apertado que chega de surpresa e te segura por alguns minutos. Há uma suavidade em todo o conjunto, da produção de Mônica Agena até a interpretação de cada um dos envolvidos, passando pela estética do videoclipe dirigido por Gabi Jacob.

“É um convite a se amar e a dançar, mesmo que seja consigo mesmo”, observa. “Às vezes, essa pode ser a melhor dança, sentir o que o afeto e o amor têm a dizer para você, afinal viver na incerteza pode, de fato, ser pior que não tentar, então quero que as pessoas se amem, para poder amar o próximo”.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB