PUB

Já podes viajar em “A Luta Continua” de Xullaji com Tristany

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

“A Luta Continua” é uma série de manifestos do projeto Pretú, de Xullaji, e que alerta-nos para o fio condutor entre as gerações que lutaram pela liberdade do povo negro e as atuais que têm de dar continuidade ao mesmo combate.

O episódio #6 conta com a participação de Tristany e relembra a última mensagem de Amílcar Cabral, difundida na Rádio Libertação, a 3 de janeiro de 1973, 17 dias antes da sua morte.

Em comunicado enviado à nossa redação lemos que, “o princípio que guia a letra é o de que o colonialismo não acabou e como tal a luta também não. E que esta se estende no tempo e nos espaço, do mato onde se travou a guerrilha nos anos 60/70 para o mato de cimento das colónias da, ainda, metrópole, ou cidades africanas continuamente fustigaras pelo colonialismo e suas mazelas”.

O vídeo faz uma releitura do arquivo fotográfico de Amilcar Cabral e carrega consigo um teor artístico fruto de uma colaboração entre o rapper com Mónica de Miranda.

A música carrega um sample daquele que é um dos álbuns mais apreciados e agraciados da música angolana que foi lançado no ano da independência de Angola, o Matudi Ua Ufolo de David Zé.

Prétu é um projeto onde Xullaji decidiu juntar o seu próprio universo sónico ao universo mais escurecido das suas letras. O resultado é a justaposição e transformação das suas origens e referências africanas, com as suas influências eletrónicas para expressar o seu pensamento sobre o colonialismo, o pan-africanismo e um novo contexto político para África e a sua diáspora.

Ambos optam por colocar os movimentos de libertação numa posição de ação “contínua e permanente”, ao em vez de os colocar em uma posição estagnada e isolada da suposta história e destacando o “colonialismo como algo ultrapassado.

A nova aventura de Xullaji, “Pretú” é o contrário de seus álbuns lançados. Neste projeto o rapper produz a totalidade da sua música a partir de um universo de samples que sempre trouxa à tona em si, parte de suas memórias de infância.

O projeto tem sido apoiado e produzido pelo Hangar Music, em colaboração com a Ghost Productions. 

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB