PUB

Já se pode usar o Messenger sem uma conta Facebook

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Facebook Messenger sempre foi um serviço associado de forma forte à própria rede social.Era um componente desta e durante anos assim se manteve.
Mas com a ideia do Facebook de potenciar este seu serviço foi ganhando uma autonomia grande, ao ponto de ser retirado de dentro da rede e passar a funcionar de forma autónoma!
A sua ideia agora é remover a dependência do próprio Facebook e passar a permitir que qualquer utilizador, mesmo sem conta da rede social, o possa usar. E isso passou a ser uma realidade para todos os utilizadores da Internet
fb-messenger_1-720x405
Ao ter sido separado do Facebook o Messenger ganhou uma autonomia que o pretende levar a um grau de desenvolvimento que o vai permitir ter uma plataforma de criação de novas aplicações, que se vão integrar com a actual.
Mas a ideia do Facebook é tornar o Messenger de tal forma aberto que possa dispensar até a utilização de contas do próprio Facebook, tornando-o uma plataforma completamente aberta a todos e sem qualquer dependência.
Os testes com esta nova funcionalidade tinham já começado em alguns países, ainda de forma controlada e sempre com limitações.
Mas esses testes correram de tal forma bem que passado apenas 15 dias o Facebook resolveu abrir essa novidade a todos os novos potenciais utilizadores, em todo o globo.
fb-messenger_2
A partir de agora quem quiser usar o serviço de IM do Facebook deixa de necessitar de uma conta da rede social. Basta que defina na aplicação o nome completo e um número de telefone para onde deverá ser contactado e é dado acesso ao serviço.
Mesmo com esta novidade o Facebook continua a aconselhar os utilizadores a criarem uma conta Facebook para acederem ao Messenger, pois apenas desta forma conseguem manter as conversas em diferentes plataformas e em diferentes sistemas.
Os planos do Facebook para o Messenger parecem ser bem claros e indiciam que esta vai ser uma plataforma completamente independente e que terá os seus argumentos próprios para se manter activa, completamente livre da própria rede social ou de outros serviços.
A porta do Messenger está agora aberta a novos utilizadores, em particular todos aqueles que sempre se recusaram a usá-lo porque obrigava à criação de uma conta na rede social.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB