PUB

“Jantar Indiscreto” quer pôr Portugal a digerir preconceitos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Há um novo programa televisivo que pretende confrontar os portugueses com os seus próprios preconceitos. Idealizado e produzido pela Muxima Bio BV, o formato televisivo “Jantar Indiscreto” estreia-se na RTP2, no dia 16, às 23 horas.

Apresentado pela ativista e empresária de impacto social Myriam Taylor que, semanalmente, recebe quatro convidados para uma refeição sem tabus, o formato do programa é inédito com uma equipa de produção constituída na sua maioria por mulheres negras.

“Quem são os portugueses? De acordo com o nosso imaginário, qual a aparência de uma mulher cigana? O que é identidade de género? Que estilo de vida associamos a uma pessoa gorda? Numa relação
lésbica, alguém tem de assumir o papel de homem?” Estas são algumas das questões para reflexão propostas por Myriam Taylor e os seus convidados. A lista inclui a Ministra da Justiça portuguesa Francisca Van Dunem, a atriz de etnia cigana Maria Gil, o médico negro Sascha Joffre, a ativista transexual Júlia Pereira, entre outras personalidades que aceitaram o convite para desmistificar preconceitos na primeira pessoa, como racismo, ciganofobia, lesbofobia, a questão da legitimidade de alguns corpos políticos, transfobia e a gordofobia.

Neste programa, “cada pessoa no seu lugar de fala, todas põem em pratos limpos, sem filtros nem tabus, as suas histórias de discriminação”, além de gerar discussão no espaço público, tem também como objetivo desenvolver propostas de combate “que podem vir a ser acomodadas pelo Governo”, podemos ler no comunicado enviado à BANTUMEN.

Myriam Taylor reforça que “o nome do programa diz-nos que estamos perante um ambiente intimista e com verdade”. Dividido em dois momentos, o “Jantar Indiscreto” abre o apetite do telespectador com a experiência social de questionamento de estereótipos, encerrada com um encontro surpresa entre quem responde às questões e quem vive na pele os preconceitos. Num segundo tempo, essas vivências servem-se à mesa, numa conversa com a anfitriã.

Apesar de ter ficado na gaveta durante algum tempo, devido à pandemia, “o projeto começou a ser desenhado quando entendi que a riqueza das conversas que promovia nos jantares em casa não se deveria cingir a esse espaço”, conta Taylor, que vê agora o formato ocupar um espaço na grelha do canal dois da emissora portuguesa.

Com seis episódios, tematizados por igual número de preconceitos, “Jantar Indiscreto” vai ter a sua estreia na quinta-feira, 16 de setembro, na RTP2 às 23 horas.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

Virgínia Carvalho 9 de Setembro, 2021
| |

Pelo pequeno texto percebo que é um tema pertinente para os dias de hoje. Pelo seu conteúdo riquíssimo pela apresentadora que é o espelho do programa de certo que já é um sucesso.
Parabéns Taylor
Bjinhos
Virgínia Carvalho

Artigos Relacionados

Irene Vasco

19,90 

PUB