PUB
Kelly Veiga | DR
Kelly Veiga | DR

Kelly Veiga vítima de violência doméstica

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Kelly Veiga, jovem cantora que tem ganho destaque no meio da Kizomba lusófona, foi agredida pelo companheiro, nesta sexta-feira, 4 de fevereiro.

A artista expôs o caso nas redes sociais, momentos a seguir à agressão. Num live, ainda com a cara ensanguentada e na presença da polícia, Kelly conta que teve uma discussão com o namorado e que este acabou por agredi-la, tal como pode-se ouvir no vídeo publicado pela plataforma World Star, no Instagram.

A artista, que lançou recentemente a música “Morning”, com Rafa G, explica nas imagens que teve uma boa relação nos primeiros tempos, mas “tudo o que ele tem de bom também tem de mau”, o que acabou por revelar os primeiros episódios de violência.

No depoimento à polícia, Kelly alegou ter sido agredida noutros momentos, com “duas chapadas”, não tendo reportado o caso às autoridades na altura.

“Gostei muito da pessoa, envolvi-me com a pessoa e também não duvido que a pessoa também tenha gostado de mim, mas nunca lidei com uma situação destas e com alguém com um caracter assim”, diz a jovem cantora.

Desta vez, a artista não quis deixar o caso impune, sobretudo por ter sido ameaçada com a exposição de imagens íntimas suas.

A violência doméstica é crime e tem diferentes formas: física, verbal, psicológica, moral ou patrimonial. Se és vítima ou conheces alguém que o seja, deves entrar em contacto com as autoridades locais, através dos seguintes números de telefone:

Angola: 111
Brasil: 190
Cabo Verde: 112
Guiné-Bissau: 955651193
Moçambique: 112, 119 ou + 258 21 325031
Portugal: 112
São Tomé e Príncipe: 222 2222


Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB