Procurar
Close this search box.

Georgina Manhice fala sobre o impacto da voz no mercado das marcas

Afinal qual seria o nome adequado para chamar o profissional da voz que por muitas vezes dá vida a grandes campanhas de publicidade?

Em conversa com a locutora e mestre de cerimónias, Georgina Manhice, uma mulher cheia de vida e com uma voz metaforicamente bela, fala ao Marcas por Escrever sobre o seu percurso no mundo da locução, sobretudo no impacto que isso gera na publicidade.

A voz é um dos meios muito explorado no mercado moçambicano. Contudo, com o poder de influência que a media tem hoje, sobretudo em Moçambique, cresce uma a esperança para os profissionais desta área. Na maioria das vezes, é a voz empregue na publicidade que dá vida a todos os elementos presentes e sempre que há um timbre impactante e adequado ao objectivo da campanha, a relação com o público-alvo é sempre mais forte.

Nunca pensei que a minha voz podesse impactar tanto assim, e ver a minha voz hoje, a ser um destaque a nível nacional é muito satisfátorio. E num mercado que há cada vez mais profissionais da voz nascendo todos os dias é muito importante isso para este mercado e eu em particular aprecio outros timbres de voz diferentes do meus

Georgina Manhice

A rádio é um dos canais mais usados para campanhas e desde sempre que o aúdio teve muito poder em Moçambique. Na opinião de Georgina Manhice, hoje em dia, há muitas marcas que preferem anunciar os seus produtos através da voz e da imagem de influencers ou produtores de conteúdo digitais, o que impacta o seu trabalho.

Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

Procurar
Close this search box.

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES