Procurar
Close this search box.

Heineken Moçambique começa a exportar a cerveja Txilar para o Reino Eswatini

txilar

Depois de muito tempo de confinamento, e limitações impostas pela pandemia da Covid-19, a economia mundial, onde se inclui a nacional, enfrentou várias baixas. Em contraciclo, a Heineken Moçambique vem animar o mercado internacional com um passo bastante motivador para os amantes da cerveja, exportando a cerveja Txilar, produzida em Moçambique, para o Reino Eswatini.

Oferecendo elevados padrões de qualidade, presente em todas as marcas produzidas pela Heineken no mundo inteiro, esta cerveja já se encontra disponível no Reino Eswatini.

A Heineken Moçambique considera este como sendo um facto marcante para o crescimento da economia nacional, contribuindo desta forma para a balança de pagamentos do país. De salientar que “Txilar” é uma expressão moçambicana que representa um estado de espirito optimista, uma forma espontânea de estar e a habilidade de transformar desafios em oportunidades, sempre com uma atitude positiva, “numa boa”.

Quando questionada sobre o que é que este passo representa ao nível de posicionamento de marca, a Direcção de Marketing afirma que nesta fase a publicidade ‘será apenas ao nível de retalho’. Não haverá rebranding para manter a mesma identidade’, acrescentam, em resposta à equipa do Marcas.

Nesta primeira fase serão exportadas garrafas não retornáveis e latas de 330 ml, de forma a perceber como é que o público vizinho reage a esta cerveja.

Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

Procurar
Close this search box.

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES