PUB
Masturbação
Fotografia: Kristina Flour

A masturbação está longe de ser considerada um acto de egoísmo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A masturbação é um acto tão natural mas que ainda é um assunto tabu perante a sociedade. Não é um acto de egoísmo, não faz bem só porque tiramos prazer, faz-nos bem porque traz benefícios à nossa saúde.

Ler+ Gucci na digressão de despedida de Elton John

Segundo a psicóloga Antonia Hall, a masturbação tem de ser uma prática frequente, não só pelo prazer mas porque nos faz bem à saúde. Quando nos masturbamos libertamos “hormonas boas, como a endorfina, a dopamina e a oxitocina, que reduz a dor e faz com que a pessoa se sinta mais relaxada”.
Em entrevista ao site Sugar Pop, a especialista explicou que o efeito hormonal causado pela masturbação reduz o stress e reforça-nos o sistema imunitário. Isto porque os nossos níveis de cortisol baixam e o sistema deixa de estar à mercê da ativação dos marcadores inflamatórios.
A masturbação promove a fertilidade, principalmente nos homens, uma vez que melhora a qualidade e quantidade do esperma. Para o médico Hal Denzer, este acto de cariz sexual tem muita importância para a movimentação dos espermatozóides.
Quando a masturbação é uma actividade regular do nosso quotidiano, a tensão é menor e a fluidez do sangue é mais natural. O corpo torna-se assim mais amigo do organismo e até mesmo da nossa pele, que fica mais brilhante e sedosa.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB